nsc
    nsc

    Em 30 de dezembro

    Reabertura da ponte Hercílio Luz será feita com 162 carros antigos

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    13/12/2019 - 18h09 - Atualizada em: 06/01/2020 - 13h43
    Vão central já recebeu o gradil que servirá como pista para veículos (Foto: Ânderson Silva)
    Vão central já recebeu o gradil que servirá como pista para veículos (Foto: Ânderson Silva)

    Antes de todo mundo, 162 motoristas terão o privilégio de dirigir sobre a ponte Hercílio Luz no dia 30 de dezembro, data da reabertura da Velha Senhora. Este é o número de inscritos no chamamento público do governo do Estado para que carros antigos passem pela estrutura dentro da programação do Viva a Ponte. Pela previsão da organização, logo após o cerimonial marcado para as 10h, na cabeceira insular, onde será montado um palco no parque da Luz, os veículos vão cruzar a estrutura até o lado Continental.

    Dentre os inscritos estão carros como Aero Willys, Fusca, Maverick, Kombi, Fiat 147, Chevrolet Bel Air, Opala e Mustang, além de motos. Até mesmo a Jardineira da Auto Viação Catarinense foi inscrita para participar. É um veículo de 1928, com transporte para até 12 passageiros, de fabricado nos Estados Unidos.

    O governador Carlos Moisés da Silva, que deu a ideia do uso de carros antigos na reabertura, também deseja passar pela ponte junto aos inscritos com o seu Fusca. A programação do 30 de dezembro ainda terá apresentações culturais e de esportes radicais.

    Prioridade para os ônibus

    Apesar de os carros antigos terem prioridade na primeira passagem sobre a ponte, é o transporte coletivo que vai imperar no uso diário da Hercílio Luz. A prefeitura da Capital divulgou nesta sexta-feira o plano de mobilidade para a estrutura. Carros particulares somente depois de avaliações de impacto, com previsão de que isso ocorra a partir do segundo semestre de 2020.

    Confira o vídeo que explica o movimento natural da ponte Hercílio Luz:

    Leia as últimas notícias de Ânderson Silva

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas