nsc

publicidade

Investigação

TRF4 dá 30 dias para conclusão do inquérito da operação Chabu

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
30/10/2019 - 09h34 - Atualizada em: 30/10/2019 - 14h02
 Ação da Polícia Federal ocorreu no dia 18 de junho (Foto: Diorgenes Pandini/NSC Total)
Ação da Polícia Federal ocorreu no dia 18 de junho (Foto: Diorgenes Pandini/NSC Total)

Relator da operação Chabu no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), o desembargador Leandro Paulsen deu mais 30 dias para que a Polícia Federal (PF) conclua o inquérito do caso. A ação da PF foi deflagrada no dia 18 de junho com mandados de prisão temporária e de busca e apreensão. O objetiv foi desarticular uma organização que supostamente violava sigilo de operações policiais em SC.

Entre os presos temporariamente esteve o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (sem partido), que prestou depoimento e foi liberado por volta das 20h30min do mesmo dia. Outras seis pessoas foram alvo de mandados de prisão temporária e buscas e apreensões em 23 endereços. A ação foi cumprida por policiais federais de Brasília.

Em sua decisão de prazo para a conclusão do relatório da PF, Paulsen também determinou que os bens apreendidos devem ser restituídos aos proprietários ao final do inquérito.

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade