publicidade

Navegue por
Ânderson

Crise na Educação

UFSC só tem verbas para funcionar até agosto

Compartilhe

Por Ânderson Silva
07/05/2019 - 08h47 - Atualizada em: 07/05/2019 - 13h00
Foto: Felipe Carneiro
Foto: Felipe Carneiro

(Foto: )

O bloqueio de verbas anunciado pelo governo federal resultará em um corte de R$ 60 milhões no orçamento da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para 2019. Com isto, segundo a Administração Central da universidade, só há verbas para funcionar até o mês de agosto.

O valor foi apresentado pelo secretário de Planejamento e Orçamento da Universidade Federal de Santa Catarina (Seplan/UFSC), Vladimir Arthur Fey, juntamente com o reitor Ubaldo Cesar Balthazar, após recalcular o bloqueio de acordo com o anúncio do Ministério da Educação (MEC). Somados, os valores de bloqueio correspondem a 35% do orçamento de custeio, capital e emendas parlamentares.

O reitor já havia convocado uma comissão especial para estudar os impactos do contingenciamento divulgado inicialmente – que se esperava que fosse um pouco menor – e havia estabelecido a criação de estratégias para diminuir os efeitos da restrição orçamentária imposta ao orçamento da UFSC. Mas o bloqueio adicional representa um novo desafio.

Embora, na semana passada, o reitor acreditasse que os 30% de corte anunciados pelo MEC incluíam os 25% que já eram esperados pela universidade, já não há mais certeza. Nesse caso, haveria uma redução de 55% do orçamento em comparação com o ano passado.

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

anderson.silva@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação