nsc
nsc

VALE DO ITAJAÍ

Valor apreendido na Lava-Jato será usado em projeto de centro para menores infratores em SC

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
31/01/2020 - 08h31
Casep de Blumenau (Foto: Gilmar de Souza / Agencia RBS)
Casep de Blumenau (Foto: Gilmar de Souza / Agencia RBS)

Santa Catarina vai ampliar para o sistema socioeducativo o projeto de parceria público-privada que será implementado no sistema prisional. A confirmação veio com a oficialização de um recurso do governo federal via Caixa Econômica Federal que será usado para colocar a proposta em prática. Os R$ 34 milhões garantidos pelo ministério dos Direitos Humanos saíram de valores apreendidos pela operação Lava-Jato, segundo o diretor de PPPs da SCPar, Ramiro Zinder.

A autarquia do governo do Estado participa do desenvolvimento do projeto junto com a secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa. Em vídeo divulgado nas redes sociais, nesta quinta-feira (30), o governador Carlos Moisés da Silva fez o anúncio oficial da implantação do modelo de PPP para a administração de uma unidade que atende menores infratores. Três cidades foram avaliadas: Lages, Itapema e Blumenau. Mas a cidade do Vale do Itajaí deve ser a escolhida.

A região tem necessidade da ampliação do número de vagas. Com a PPP, a administração da unidade será compartilhada entre a empresa vencedora do processo licitatório e o governo do Estado. Também em Blumenau funcionará a primeira penitenciária catarinense no mesmo modelo de parceria. Além do pavilhão existente hoje, seriam feitos mais três, com aproximadamente 600 vagas, no terreno ao lado, de propriedade do Estado.

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas