nsc
    nsc

    Mais uma polêmica

    VÍDEO: confusão entre vereadores de Florianópolis tem discussão e tapa em celular

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    26/11/2019 - 20h40 - Atualizada em: 27/11/2019 - 07h50
    Momentos antes da confusão desta terça-feira na Câmara de Vereadores de Florianópolis (Foto: Reprodução)
    Momentos antes da confusão desta terça-feira na Câmara de Vereadores de Florianópolis (Foto: Reprodução)

    Mais uma vez a Câmara de Vereadores de Florianópolis teve um episódio de confusão neste ano de 2019. Durante a sessão da tarde desta terça-feira, houve um bate-boca envolvendo pelo menos quatro parlamentares, entre eles o presidente da Casa, Roberto Katumi. No vídeo abaixo é possível ver o que ocorreu, incluindo o tapa de Katumi no celular de Maikon Costa (PSDB) após o término da sessão determinado pelo pessedista. Leia aqui os detalhes e o contexto da confusão.

    Horas depois da sessão, o clima é de indignação por parte da oposição, enquanto o presidente da Câmara diz que foi coagido após o término da reunião, e que por isso deu o tapa no celular. Segundo Katumi, os vereadores Lela e Afrânio Boppré (PSOL) fugiram do tema do projeto que estava sendo discutido: “Vou cumprir o regimento”, alegou Katumi. Ele nega ter agredido Costa, e diz que deu o tapa no celular: “Não autorizei filmar na minha cara. Não posso ser coagido, não teve agressão”. Para ele, a sessão desta quarta-feira deve ocorrer normalmente, mas Katumi admitiu a possibilidade de uma reunião de líderes para apaziguar os ânimos.

    Para a oposição, porém, a sensação é diferente. Pedrão (sem partido), que aparece no vídeo junto com Lela e Maikon Costa logo depois do encerramento da sessão, diz que Katumi agrediu o tucano. “É vergonhoso ele ter esse comportamento, ainda mais como presidente da Casa”. Para o ex-progressista, o presidente da Câmara precisa reconhecer o erro. Já Lela alega que estava se atendo ao tema do projeto ao citar a falta de vagas no Norte da Ilha e a denúncia das OSs já que o projeto tratava de educação.

    Em vídeo divulgado nas suas redes sociais, Maikon Costa criticou Katumi. Os dois protagonizaram fortes discussões neste ano na Câmara. Em texto publicado pouco depois da confusão, o tucano disse: “Eu estava filmando a ação justamente para mostrar a verdade dos fatos, dar transparência e expor a conduta truculenta deste presidente despreparado”.

    Assista ao vídeo:

    Leia as últimas notícias do NSC Total

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas