nsc
    nsc

    Gastronomia

    Como identificar e utilizar o verdadeiro açafrão

    Compartilhe

    Beto
    Por Beto Barreiros
    14/08/2020 - 08h00
    O verdadeiro açafrão encontrado de duas maneiras: em estigma, que significa a parte feminina da flor que recebe o pólen, e em pó.
    O verdadeiro açafrão encontrado de duas maneiras: em estigma, que significa a parte feminina da flor que recebe o pólen, e em pó. (Foto: Banco de imagens, divulgação)

    O verdadeiro açafrão é uma iguaria extraída do pistilo da flor da espécie Crocus Sativus Linnaeus. Diferente do açafrão-da-Terra, uma planta da família do gengibre, ele é falsificado no mundo todo, pois seu processo de cultivo - que dura o período de um ou dois meses anualmente - o faz custar caro. O verdadeiro açafrão encontrado de duas maneiras: em estigma, que significa a parte feminina da flor que recebe o pólen, e em pó.

    Para saber a autenticidade do ingrediente, faça o seguinte teste: coloque na boca um fio ou o produto em pó. O açafrão falso tem pouco aroma e sabor. O real tem cheiro frutado e floral e deve ser doce e amargo ao mesmo tempo. 

    Como utilizar:

    - O açafrão é um ingrediente indispensável em paellas, risotos, sopas e pratos do mediterrâneo. É ótimo para combinar com batatas, cogumelos, arroz e ovos.

    - O aroma e sabor combinam com todas as carnes. É adicionado nas carnes brancas, como frango, frutos do mar e peixes, para que sua cor se destaque.

    - Para soltar a cor, gosto e aroma, coloque de molho 15 minutos antes do preparo do prato. Para evitar a perda do sabor com o calor, o ideal é adicionar parte do açafrão no início do cozimento para melhor extração da cor e o restante no final para destacar o aroma. Você pode diluir o açafrão em água, caldo, leite, álcool e sucos ácidos. Evite misturar diretamente com gordura, onde ele não dissolve bem.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas