nsc
    nsc

    QUITANDO AS DÍVIDAS

    Aos poucos, Carlos Moisés acerta as contas do governo do Estado

    Compartilhe

    Por Cacau Menezes
    20/03/2019 - 03h20
    (Foto: Guilherme Hahn / Especial)

    Assim, meio com jeito de que não está fazenda nada, o governador Carlos Moisés da Silva está acertando as contas do governo do Estado. Em janeiro e fevereiro, ele conseguiu pagar R$ 100 milhões de dívidas deixadas na Secretaria da Saúde pelo ex-governador Eduardo Pinho Moreira. Foram quitadas pendências com 437 fornecedores e quitadas parcialmente com outros 222. Assim, as empresas que fornecem produtos para a secretaria encerraram o boicote que vinham fazendo e voltaram a atender o governo. Um tremendo come-quieto esse governador.

    Sobrando

    O andar de cima não quer saber de crise. Aliás, ela nunca bateu e nem vai bater na porta dos milionários. Um dos edifícios mais exclusivos da orla do Rio de Janeiro, em Ipanema, deu uma recauchutada na sua fachada. Cada morador arcou com cerca de R$ 1 milhão nesta reforma. Tem apartamento à venda lá por R$ 55 milhões. A taxa de condomínio é de R$ 27 mil.

    Gente demais

    O novo governo federal recebeu a estrutura do Ministério da Educação com 378 mil servidores. O número equivale às populações de São José, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz somadas e ainda assim sobrariam vagas. É gente demais e para uma estrutura pública, arrisca-se a dizer, algo ingovernável de controlar.

    Homem forte

    O advogado Tullo Cavallazzi Filho emplacou ontem, agora por indicação do presidente da OAB nacional, Felipe Santa Cruz, a terceira nomeação para a presidência da Comissão Nacional de Direito Desportivo da entidade. Tullo já havia exercido duas vezes a presidência, indicado pelos presidentes Marcus Vinicius Furtado Coelho e Cláudio Lamachia. Além de história e competência para função, o catarinense mostra força e prestígio.

    Inédito

    Médico ginecologista Ygor Vieira de Oliveira vai realizar neste sábado, no Hospital Baía Sul, em conjunto com a Dra. Audrey Tieko Tsunoda (cirurgiã do Hospital Erasto Gaertner), um procedimento com uma técnica inédita em Florianópolis. O procedimento visa o tratamento de câncer de colo de útero avançado em paciente jovem com preservação de fertilidade (corpo uterino).

    Juntos

    No mesmo voo de Floripa para Brasília, na segunda-feira, os senadores Dário Berger e Jorginho Mello e o deputado federal Aécio Neves, que passou o final de semana em Floripa, visitando a sogra no Campeche.

    Cuidado

    Advogado Francisco Ferreira pensa que devemos refletir sobre isso: "Quando se destrói o Poder Judiciário, constrói-se a ditadura".

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas