nsc

publicidade

Clóvis

Política 

Pesquisa contratada pelo PSL reforça o nome de Ricardo Alba na corrida eleitoral de 2020

Compartilhe

Por Clóvis Reis
30/08/2019 - 21h29
ricardo-alba-deputado
Foto: Solon Soares, Divulgação

O PSL contratou uma pesquisa que avalia as possibilidades eleitorais do partido nos principais municípios do Estado. Blumenau está no pacote. Os resultados do levantamento são reservados, mas pela reação dos dirigentes a candidatura a prefeito do deputado Ricardo Alba (PSL) tornou-se irreversível.

Em Florianópolis, não restam dúvidas de que ele é o nome do partido para o confronto. Eleito vereador pelo PP em 2016, Alba foi o candidato a deputado mais votado no ano passado, com quase 63 mil votos. Declaradamente conservador nos costumes, na Assembleia Legislativa não integra a ala radical da bancada e conduz o mandato com um discurso comparativamente moderado.

O equilíbrio nas intervenções públicas será fundamental para a composição de alianças em uma eleição que se anuncia em dois turnos. A disputa deve ter quatro chapas com densidade nas urnas e uma postura que desde o princípio feche as portas para o diálogo com os adversários inviabilizaria as chances de composição na reta final da disputa. A meta do PSL é a eleição de 15 a 20 prefeitos. Blumenau está na lista.

Retorno

O ex-prefeito Napoleão Bernardes deve integrar a nova executiva do PSD de Blumenau. O deputado Ismael dos Santos será o presidente. Em duas semanas sai a nominata provisória do novo diretório.

Pejorativo

A polêmica entre os presidentes do Brasil e da França ganhou um personagem local. Em uma postagem do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o vereador Marcos da Rosa (DEM) publicou um comentário no qual chamou de "mocreia" a esposa do francês Emmanuel Macron. Mocreia é um substantivo pejorativo, que significa mulher feia. O comentário provocou reações entre os internautas.

Campanha

Um total de 90 candidatos disputam as 15 vagas para os três Conselhos Tutelares de Blumenau. A eleição será em 6 de outubro, com urnas eletrônicas distribuídas em 11 locais de votação. O mandato dura quatro anos. Os conselheiros recebem salário de R$ 4.406,95, valor equivalente à remuneração dos cargos em comissão CC-3 (gerência) da prefeitura.

Deixe seu comentário:

publicidade