nsc
nsc

Política

As 103 vagas de garagem de Julio Garcia

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
01/10/2020 - 16h52
Deputado Julio Garcia
Deputado Julio Garcia (Foto: Gabriel Lain, Arquivo NSC)

O colunista Lauro Jardim, do O Globo, chama atenção para um detalhe pitoresco na denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o deputado estadual Julio Garcia (PSD). As 103 vagas de garagem que pertenceriam ao presidente da Alesc e estão em um único centro comercial no Estreito, em Florianópolis.

> Justiça decidirá futuro de Julio Garcia depois de votação do afastamento de Moisés

As vagas de estacionamento foram negociadas por R$ 1,2 milhão. Para o MPF, trata-se de um caso de lavagem de dinheiro.

O Ministério Público apresentou contra Julio Garcia 12 vezes a denúncia por suposto crime de lavagem de dinheiro. Nesta quarta-feira (30), a juíza federal Janaína Cassol Machado deu prazo de 15 dias para que ele apresente defesa – só então ela decidirá se aceita ou não a denúncia.

A defesa do deputado tem dito que se trata de uma denúncias especulativas e baseadas em suposições.

“O que temos e iremos provar é a presença de uma denúncia fantasiosa, não mais do que uma peça de ficção, como ainda, por absoluta convicção pessoal, a inocência do ilustre Deputado”, afirmou, em nota, o advogado Cesar Abreu, que representa Julio Garcia.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas