Um bairro de Santa Catarina entrou na lista das localidades com o metro quadrado mais valorizado entre as capitais brasileiras – e, apesar de ficar em Florianópolis, ele não está na praia. O Bairro da Agronômica na Capital, está em 14º lugar entre os mais caros do país.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Em compensação, o bairro tem vizinhança ilustre e cheia de história: é onde fica a residência oficial do Governo de Santa Catarina, a Casa D`Agronômica – atualmente, lar do governador Jorginho Mello (PL).

O que faz subir o preço da Agronômica é a localização privilegiada: “colado” no Centro de Florianópolis, com vista para a Baía Norte, e próximo de diversos órgãos públicos e entidades. O metro quadrado custa, em média, R$ 12,9 mil – um pouco mais do que Balneário Camboriú, que tem o metro quadrado médio mais caro do Brasil.

Bairro de Florianópolis tem metro quadrado mais caro que Balneário Camboriú; saiba qual

Continua depois da publicidade

O primeiro do ranking é o Leblon, no Rio de Janeiro – o “queridinho” das novelas globais, onde o metro quadrado chega a exorbitantes R$ 22.662. Em seguida vem outro bairro famoso no Rio, Ipanema, onde o metro quadrado custa em média R$ 21.325.

A lista dos bairros mais caros nas capitais brasileiras também inclui os locais mais valorizados de São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG) e Vitória (ES).

Veja quais são os bairros mais caros e o preço do metro quadrado em cada um deles:

Destaques do NSC Total