nsc
    nsc

    Cidades

    Balneário Camboriú é a ‘praia que perdeu o sol’ em publicação internacional

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    13/01/2021 - 16h02 - Atualizada em: 13/01/2021 - 16h09
    Sombra na Praia Central de Balneário Camboriú
    Sombra na Praia Central de Balneário Camboriú (Foto: Diorgenes Pandini)

    A britânica BBC publicou em sua editoria internacional uma reportagem sobre Balneário Camboriú, que identifica como ‘a praia que perdeu o sol’. O texto, que foi ao ar nesta terça-feira (12), conta como os arranha-céus mudaram a paisagem, e como a cidade pretende reverter a sombra com o projeto de alargamento da faixa de areia.

    > IMA libera licença ambiental e autoriza alargamento da faixa de areia em Balneário Camboriú

    Assinada pelo jornalista brasileiro Fernando Duarte, radicado em Londres, a matéria foi replicada por outras publicações como o argentino La Nación. O texto fala da obsessão da construção civil local pelas alturas – tem “seis dos 1º edifícios residenciais mais altos da América do Sul” – e de como a Praia Central é engolida pelas sombras a partir das duas da tarde. 

    > Proposta de R$ 66 milhões vence licitação para alargar faixa de areia em Balneário Camboriú

    A reportagem mostra como o modelo peculiar de ocupação e crescimento demográfico traz preocupações, por exemplo, em relação ao abastecimento de água num futuro próximo. Mas o texto também ressalta a infraestrutura turística, com oferta gastronômica e de lazer, que atrai ricos e famosos como o atacante Neymar. E apresenta Balneário Camboriú como um dos destinos mais populares do Brasil, com mais de um milhão de visitantes ao ano.

    >SC libera hotéis com capacidade máxima para a temporada de verão com Covid-19

    “Além disso, em comparação com cidades costeiras mais conhecidas como o Rio de Janeiro, Balneário Camboriú também é muito mais segura”, avalia a matéria.

    O prefeito Fabrício Oliveira (Podemos) falou sobre a expectativa de alargamento da faixa de areia. Disse que o motivo não é a sombra, mas reconheceu que a obra garantirá mais tempo de sol a Balneário Camboriú.

    O assunto 'sombra' é quase um tabu na cidade, e a maioria dos locais costuma dizer que não vê o sombreamento como um problema. Mas a curiosa cena dos arranha-céus 'engolindo' a faixa de areia atrai periodicamente publicações nacionais.

    Como a aprovação de prédios altos continua a pleno vapor - o mais alto projeto em avaliação, no momento, é de um edifício de 100 andares - a expectativa é que as obras de alargamento não deem conta de garantir o mesmo tempo de sol que têm as praias 'convencionais'. A empreitada deve iniciar em março, e vai triplicar a faixa de areia.

    Alargamento da faixa de areia em Balneário Camboriú
    Alargamento da faixa de areia em Balneário Camboriú
    (Foto: )

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas