nsc
    nsc

    Maus tratos

    Boi perseguido por farristas se joga em piscina em Bombinhas; assista

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    28/03/2021 - 19h31
    Boi foi parar dentro de piscina para fugir de maus tratos
    Boi foi parar dentro de piscina para fugir de maus tratos (Foto: Divulgação, PMSC)

    Um boi foi parar dentro de uma piscina enquanto fugia de farristas em Bombinhas, na noite de sábado (27). O animal foi resgatado pela Polícia Militar e o Grupo de Operações de Resgate do município (GOR). Prática cruel, a farra do boi é crime em Santa Catarina desde a década de 1990.

    > Farra do boi é encerrada pela polícia em Florianópolis

    Tenente Robson Joubert, responsável pelo policiamento em Bombinhas, diz que a PM recebeu denúncias e encontrou o animal em um terreno privado, no bairro de Bombas, cercado por dezenas de pessoas. Alguns dos farristas reagiram à chegada dos policiais atirando pedras e objetos. Eles foram dispersados pela PM, que usou balas de borracha.

    Assustado, o animal fugiu e danificou veículos que estavam estacionados – entre eles, a viatura da Polícia Militar que teve uma das lanternas traseiras quebradas.

    O boi entrou na piscina em uma casa de aluguel de veraneio que fica na Rua Aracuã. O animal permaneceu por alguns segundos dentro da água, saltou para fora e continuou a fuga. O resgate ocorreu a poucos metros dali, na Avenida Leopoldo Zarling.

    Depois de laçado, o boi foi levado a um sítio que é administrado pelo Grupo de Resgate. Ele está à disposição da Cidasc, que decidirá o destino do animal. Segundo tenente Joubert, ele estava exausto, estressado e apresentava algumas lesões.

    > Santa Catarina tem 101 mortes por coronavírus confirmadas em 24h

    Com a confusão, os farristas fugiram e não foram localizados. A PM está recuperando imagens das câmeras de segurança da região para identificar os responsáveis.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Mais colunistas

      Mais colunistas