nsc
hora_de_sc

Ilegal

Farra do boi é encerrada pela polícia em Florianópolis

Participantes tentaram fugir, mas um homem acabou detido pela PM

28/03/2021 - 13h19 - Atualizada em: 28/03/2021 - 14h17

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Farra do boi é registrada no bairro Rio Tavares, em Florianópolis
Farra do boi é registrada no bairro Rio Tavares, em Florianópolis
(Foto: )

Uma farra do boi foi encerrada na noite do último sábado (27), em Florianópolis, de acordo com a Polícia Militar. O animal teria sido solto na região da servidão Amantino Cameu, no bairro Rio Tavares, e perseguido por um grupo de pessoas por volta das 23h30. A prática é proibida por lei em todo o território de Santa Catarina.

> Quer receber notícias de Florianópolis no WhatsApp? Cadastre-se

A Polícia Militar foi chamada até o local e flagrou as pessoas correndo atrás do animal pela rua. Elas tentaram fugir assim que viram os policiais, mas um homem suspeito acabou detido. O boi fugiu para uma área de mata e não foi mais encontrado pela polícia.

Um vídeo foi publicado nas redes sociais como sendo da farra do boi encerrada pela polícia. As imagens mostram quando o animal aparece correndo e entra em outra rua. Três pessoas à pé estão atrás do boi. Na sequência, ainda aparecem um carro e uma motocicleta, mas não é possível afirmar se faziam parte da prática.

Segundo a PM, um homem abordou os policiais e informou que o veículo foi atingido pelo boi. Os policiais identificaram danos na lataria, teto e parabrisas do carro, mas pediram que a vítima permanecesse no local até o fim da ocorrência. Aos retornar para registrar o boletim de ocorrência, o homem não estava mais no local.

> Homem é resgatado após cair de parapente em Florianópolis; veja vídeo

A farra do boi é proibida pela lei estadual 17.902, de 2020. Segundo a legislação, "fica vedada promoção, divulgação e participação de pessoas em qualquer ritual típico conhecido como Farra do Boi no Estado de Santa Catarina, bem como quem comercializar o animal para tal prática."

A lei ainda prevê multa de R$ 1 mil a cada um dos participantes identificados e R$ 10 mil para os promotores e divulgadores da Farra do Boi.

> Grupo canta e faz corrente de orações em frente ao Hospital Florianópolis pela saúde dos pacientes

Colunistas