nsc
    nsc

    Pedágio ambiental

    Bombinhas volta a cobrar TPA a partir da meia-noite deste sábado; confira os valores

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    14/11/2020 - 14h28 - Atualizada em: 14/11/2020 - 18h03
    Bombinhas
    Bombinhas (Foto: Divulgação)

    A partir de meia-noite deste sábado, ou zero hora de domingo (15), volta a valer a taxa de preservação ambiental (TPA) para os veículos que entram em Bombinhas. Embora tenha sido aprovada pela Alesc uma emenda constitucional que proíbe a cobrança de pedágios municipais, a taxa de Bombinhas está resguardada por uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que a considerou de acordo com a Constituição Federal.

    > PEC aprovada na Alesc proíbe cobrança de TPA em Santa Catarina; entenda

    Os valores são os mesmos do início do ano, quando houve o último reajuste. Os carros de passeio, que são maioria entre os veículos que pagam o pedágio, têm tarifa de R$ 28 (confira todos os valores abaixo).

    > Tribunal de Contas manda suspender TPA de Governador Celso Ramos

    O pedágio pode ser pago no guichê que fica na entrada na cidade, ou pela internet – antes ou depois da passagem por Bombinhas. A taxa é válida por 24 horas, e durante esse período o valor não é cobrado novamente.

    A taxa é cobrada durante a temporada de verão, entre 15 de novembro e 15 de abril. Este ano, devido ao período eleitoral, a prefeitura não anunciou previamente a retomada da cobrança nos meios oficiais.

    No último verão, a TPA rendeu mais de R$ 7,5 milhões aos cofres públicos em Bombinhas.

    Preço do pedágio (*)

    - Moto - R$ 3,50

    - Veículos de pequeno porte - R$ 28

    - Camionete - R$ 42,50

    - Van/microônibus - R$ 56,50

    - Caminhão - R$ 85

    - Ônibus - R$ 141,50

    *valores atualizados às 18h53min

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas