Imagens registradas pela equipe que trabalha nas obras da cobertura do Neymar em Baneario Camboriú, em uma das torres gêmeas do Yachthouse by Pininfarina, mostram o balanço do edifício durante a passagem de um ciclone pelo Litoral de Santa Catarina nesta quinta-feira (13). O movimento, que é natural nos edifícios, chama atenção quando a velocidade do vento é expressiva. Com 81 andares, o prédio de luxo é o segundo residencial mais alto da América do Sul.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O vídeo foi compartilhado com a coluna pela construtora Pasqualotto & GT, responsável pela obra do Yachthouse. A construtora monitora a velocidade do vento em seus empreendimentos. Um aparelho instalado no alto de outro edifício da construtora, o Vitra, marcou ventos de 119 quilômetros por hora.

Três vezes em que os arranha-céus de Balneário Camboriú balançaram com o vento

Veja

VÍDEO: Túneis de vento testam prédios de Balneário Camboriú em condições extremas

Continua depois da publicidade

Embora inusitado, o movimento dos edifícios é necessário e desejável. É o que evita que as torres tenham danos estruturais provocados pelo vento. O leve balançar da estrutura protege de fissuras, por exemplo.

O nível de oscilação é calculado nos projetos dos prédios super altos, que são submetidos a testes em túneis de vento em laboratórios de engenharia na Europa. Quanto mais alto o edifício, maior a influência do vento sobre ele – e maior o balanço. Isso traz um desafio extra para os projetos: o índice de conforto dos moradores.

O objetivo é garantir que a estrutura se movimente de forma segura, sem que isso seja perceptível. Alcino Pasqualotto, sócio-proprietário da construtora – e vizinho de porta de Neymar, dono de uma cobertura idêntica – diz que o movimento não é sentido. O que os moradores percebem é o som do vento e, se olharem pela janela, podem ver um leve vaivém, como mostra o vídeo.

Jogador do Palmeiras processa construtora do “prédio do Neymar” em Balneário Camboriú

As duas torres do Yachthouse são as primeiras no Brasil a contar com o um sistema de amortecimento chamado outrigger, que reduz a sensibilidade ao movimento da construção. Projetado por um escritório de engenharia no Panamá, o sistema consiste em dois andares inteiros com o triplo de concreto, que funcionam como uma espécie de “contrapeso” para a vibração dos edifícios. A técnica reduz a sensação de balanço da construção.

Continua depois da publicidade

A cobertura de Neymar já foi entregue ao atacante do Paris Saint-Germain, no último andar do Yachthouse by Pininfarina. O super apartamento está passando por obras de personalização, com instalação de piso, piscina e decoração.

Leia também

Por que SC lida com tantos ciclones e tornados?

Destaques do NSC Total