O ministro dos Transportes, Renan Filho, incluiu o Contorno Viário da Grande Florianópolis na lista de prioridades dos primeiros 100 dias de governo Lula (PT). A providência, no entanto, será apenas uma “visita” à obra, que é tocada pela Arteris Litoral Sul.

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Renan Filho disse que o Contorno Viário é a maior obra de infraestrutura rodoviária atualmente no país. A previsão da Arteris Litoral Sul, concessionária que administra o trecho e é responsável pela obra é que o Contorno seja concluído em dezembro deste ano. O Ministério Público Federal (MPF), no entanto, coloca em dúvida o prazo.

Interdição da BR-470 é só mais uma entre 120 emergências em rodovias do país

No último relatório do senador Esperidião Amin (PP), que acompanha as obras, constam sete pontos críticos. As situações mais graves ocorrem nos dois últimos trechos, no entroncamento com a BR-282 e na chegada ao trecho Sul da BR-101. Nesses dois pontos, a obra segue praticamente parada, com baixa movimentação há pelo menos nove meses.

Aliado de Dilma é indicado pelo governo para conselho da Celesc

Inicialmente previsto para 2012, o Contorno Viário passou por diversos adiamentos ao longo dos últimos 10 anos. Durante esse período, a obra teve troca de empresas responsáveis, paralisação de trabalhadores e atrasos de cronograma.

O Contorno é considerado fundamental para resolver o gargalo na região da Grande Florianópolis – um dos trechos mais movimentados da BR-101.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total