A decisão do TSE, que cassou o prefeito e o vice de Brusque e tornou inelegível Luciano Hang, faz com que o senador Jorge Seif (PL) coloque as barbas de molho. O diagnóstico é de fontes da política e advogados eleitorais ouvidos por esta coluna, que indicam que a sentença aumenta o risco de decisão desfavorável ao senador catarinense, também alvo de processo por abuso de poder econômico, movido pelo PSD.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O caso de Seif também envolve Hang e é semelhante ao de Brusque. O PSD usa três argumentos para sustentar a ação: o uso de helicóptero supostamente emprestado para participação de eventos de campanha, uso da estrutura da Havan para promoção de Seif e financiamento de propaganda eleitoral. A defesa do senador afirma, desde o princípio, que se trata de uma tentativa de subverter a vontade popular. Trocando em miúdos, de levar a vaga “no tapetão”.

Deputados do PL discutem e são contidos por outros parlamentares na Alesc

Em Brasília, a situação de Seif é vista como bastante complexa. No caso da prefeitura do Vale do Itajaí, a ação foi negada nas instâncias iniciais mas o placar virou quando chegou à Suprema Corte Eleitoral. A ação do PSD contra Seif ainda não foi julgada, está em fase de instrução.

Continua depois da publicidade

Para o senador, a chance está na dança de cadeiras que ocorrerá em breve na presidência do TSE: sai Alexandre de Moraes, entra Kássio Nunes Marques. Ainda assim, outro fantasma pode assombrar o senador catarinense – a obrigatoriedade de uma nova eleição para a vaga de SC, caso ele perca o mandato, pode ser um ativo nas mãos do próprio PL.

Jorginho chama deputados para azeitar tramitação da Faculdade Gratuita

O ex-presidente Jair Bolsonaro já falou na intenção de se candidatar a senador nas próximas eleições. Nos bastidores de Brasília comenta-se que ele, acuado pela Justiça, pode enxergar numa eleição suplementar de SC a chance de obter foro privilegiado antes do tempo.

O filho zero-quatro do ex-presidente, Jair Renan, está morando em Balneário Camboriú. Na semana passada, ele disse que a mulher, Michelle Bolsonaro, sonha em morar em Santa Catarina.

O que diz Seif

Questionado pela coluna, o senador Jorge Seif se manifestou por meio de nota: “A ação judicial proposta contra o senador Jorge Seif foi impetrada pelo candidato derrotado e não preocupa o senador, que tem absoluta convicção da lisura da sua campanha, que lhe concedeu a vitória com quase 40% dos votos válidos.

Continua depois da publicidade

Apesar de não conhecer o processo que envolve o prefeito de Brusque, Ari Vechi, nem as acusações e eventuais provas, o senador Jorge Seif lamenta profundamente, que uma pessoa escolhida pela maioria absoluta dos brusquenses, tenha seu mandato interrompido”.

Leia também

Cobertura mais cara da Praia Brava custa R$ 50 milhões e fica em prédio que hospedou Gisele

Na Inglaterra, prefeito na lista de prisões da Operação Mensageiro negocia retorno ao Brasil

Audiência de custódia noite adentro e cinco promotores: detalhes da Operação Mensageiro

Vídeo: Bolsonaro diz que sonho de Michelle é morar em SC

Destaques do NSC Total