nsc
    nsc

    Prova real

    É fake vídeo de PM afastando banhistas com balas de borracha e spray de pimenta em Santa Catarina

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    19/03/2020 - 17h41 - Atualizada em: 19/03/2020 - 17h48
    Imagens gravadas no ano passado foram replicadas nas redes sociais coo fake news (foto: Reprodução)
    Imagens gravadas no ano passado foram replicadas nas redes sociais coo fake news (foto: Reprodução)

    Um vídeo que circula nas redes sociais nesta quinta-feira (19) mostra a Polícia Militar de Santa Catarina disparando tiros com balas de borracha e borrifando spray de pimenta contra um grupo de pessoas na praia. As imagens foram divulgadas, equivocadamente, como se fossem a resposta das forças se segurança à insistência de banhistas em permanecerem nas praias, apesar da recomendação de isolamento social devido ao avanço do coronavírus.

    O vídeo foi gravado em Itapema, em 2019. O comandante do 12º Batalhão da PM, tenente-coronel Alexandre Coelho Vieira, disse que imagens são de uma confusão generalizada que ocorreu durante um campeonato de futebol de areia. A briga aconteceu no dia 11 de março do ano passado.

    Reportagem publicada pelo NSC Total relatou que os torcedores iniciaram uma discussão sobre a partida, que evoluiu para uma briga violenta. Os policiais interferiram, e foram atingidos por garrafas e fogos de artifício. Três viaturas ficaram danificadas.

    Para dispersar a confusão, a PM disparou tiros não letais, com munição de borracha. Também usou spray de pimenta e granadas de efeito moral.

    Força-tarefa contra o coronavírus

    Nesta quinta-feira a prefeitura de Itapema fez uma força-tarefa para convencer os banhistas a saírem da praia e voltarem para casa.

    Em Balneário Camboriú, um decreto interditou às praias por sete dias. A medida foi tomada porque os banhistas não seguiram a recomendação de ficar em casa.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​​​​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas