nsc
    nsc

    Operação The Wall2

    Empresário de Itajaí tentou enviar mais de R$ 200 milhões em cocaína para a Europa

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    06/10/2020 - 11h35 - Atualizada em: 07/10/2020 - 06h42
    Operação The Wall 2
    Operação The Wall 2 (Foto: Polícia Federal, Divulgação)

    A Operação The Wall 2, deflagrada na manhã desta terça-feira (6) pela Polícia Federal em Santa Catarina, levou à prisão o dono de uma empresa de logística de Itajaí, que atuava regularmente. De acordo com o delegado Oscar Biffi, as investigações apontam que a empresa organizou o envio de 935 quilos de cocaína para o exterior – um carregamento de 37,4 milhões de euros, ou R$ 241 milhões.

    > Empresas de Itajaí são alvo de operação da PF contra o tráfico internacional de cocaína

    A operação de envio contou com uma trading, uma empresa de exportação contratada para o serviço. Um representante dessa empresa também está entre os presos da operação.

    A droga foi descoberta em uma ação conjunta da Polícia Federal e da Receita Federal, em janeiro deste ano. A cocaína estava escondida em contêineres carregados com argamassa, que seriam enviados para o porto de Amsterdã, na Holanda. Os tabletes de estavam dentro dos sacos de material de construção, que eram costurados. Havia cinco quilos de pasta-base em cada embalagem de 20 quilos de argamassa.

    > Vídeo mostra como agem caminhoneiros que colocam drogas em contêineres em SC

    O carregamento foi descoberto porque a carga foi classificada na análise de risco da Receita Federal, e então selecionada para passar pelo raio-X. Os contêineres já estavam na retroarea do Porto de Itajaí, onde ficam armazenados os contêineres, desde dezembro de 2019 – o tempo de espera é incomum, e chamou atenção da polícia.

    Em depoimento, nesta terça, os responsáveis pela carga disseram que a demora ocorreu por problemas na documentação.

    Os empresários poderão responder por tráfico internacional de drogas por via marítima, que é considerada um agravante, e por associação criminosa. A Polícia Federal vai investigar se eles estão relacionados a alguma facção.

    Em paralelo à Operação The Wall 2, a Polícia Federal também deflagrou a Operação Intrusão, que teve como alvo caminhoneiros aliciados para o "contaminar" contêineres com drogas, dentro dos portos de Itajaí e Navegantes.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas