nsc
    nsc

    Saúde

    Estado confirma que morte em Balneário Camboriú é primeiro caso fatal de febre amarela em SC em 2020

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    07/03/2020 - 09h00 - Atualizada em: 09/03/2020 - 05h54
    foto: Carlos Junior/NSC Total
    foto: Carlos Junior/NSC Total

    A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou, na manhã deste sábado (7), que a morte de um homem no Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, foi o primeiro registro de óbito por febre amarela registrado em Santa Catarina em 2020. A vítima de 42 anos, morreu no dia 3 de março e não era vacinada contra a febre amarela.

    O homem começou a ter os sintomas da doença no dia 27 de fevereiro, segundo a SES - mas só procurou atendimento médico na última segunda-feira (2). Ele sentiu febre alta, vômitos, dor nas costas e dor abdominal forte.

    A Secretaria informou que o local onde a vítima adquiriu a doença ainda está sob investigação, já que o homem transitava entre Balneário Camboriú e Camboriú.

    Mais seis casos em humanos

    Este ano, outros seis casos de febre amarela em humanos foram confirmados no Estado. As confirmações ocorreram em Indaial, São Bento do Sul, Blumenau, Jaraguá do Sul e Pomerode, onde duas pessoas tiveram a doença diagnosticada. Todos os casos são de homens jovens, que não tomaram vacina contra a febre amarela - disponível gratuitamente nos postos de saúde.

    A imunização é obrigatória para todos os moradores do Estado, a partir dos nove meses de idade.

    Protocolo

    A Diretoria Estadual de Vigilância Epidemiológica (Dive) informou que a primeira morte do ano por febre amarela no Estado não altera os protocolos das equipes de saúde. "O Estado já estava ciente da circulação do vírus e, por esse motivo, tem insistido tanto na importância da vacinação. Os hospitais também estão preparados para atender esses casos, tanto que já tivemos outros pacientes com febre amarela este ano e não havíamos registrado nenhum óbito", informa o órgão estadual.

    Em março de 2019, a primeira morte por febre amarela em SC foi confirmada na localidade de Pirabeiraba, em Joinville. A vítima foi um homem de 36 anos. Em junho, um homem de 40 anos morreu em Itaiópolis, também no Norte do Estado. Nenhum deles havia tomado a vacina.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas