A disputa judicial envolvendo o fundador da construtora Pasqualotto e seus filhos ganhou mais um capítulo, agora na esfera criminal. Após pedido da Polícia Civil e do Ministério Público, a Justiça determinou o arquivamento do inquérito policial que investigava o crime de extorsão denunciado pelo empresário Alcino Pasqualotto, no ano passado, contra o pai e o irmão mais novo.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Em sua manifestação, o Ministério Público afirmou não se pode utilizar o inquérito policial como forma de resolver conflitos cíveis e empresariais. A Justiça acatou os argumentos e determinou o arquivamento do inquérito.

Alcino Pasqualotto ainda pode recorrer. O advogado Mathaus Agacci, que representa o empresário, disse que a defesa não vai se manifestar neste momento.

O advogado Luis Irapuan Campelo Bessa Neto, que representa o pai e o irmão – Lindomar Pasqualotto e Lindomar Pasqualotto Júnior – confirmou o arquivamento, mas também informou que não vai se manifestar.

Continua depois da publicidade

Leia mais:

Cidades “alternativas” em SC viram chamariz para novos investidores do mercado imobiliário

Itapema “surfa” nova onda de valorização de imóveis

Destaques do NSC Total