nsc
nsc

Análise

Julio Garcia: a prisão domiciliar do ‘quase governador’

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
19/01/2021 - 18h54 - Atualizada em: 20/01/2021 - 07h29
Julio Garcia, presidente da Assembleia Legislativa
Julio Garcia, presidente da Assembleia Legislativa (Foto: Bruno Collaço, Alesc)

A prisão domiciliar do deputado Julio Garcia (PSD), a poucas semanas da eleição da nova mesa diretora, antecipa o fim de gestão para o poderoso presidente da Alesc. A Operação Alcatraz e seus desdobramentos tiram de cena o parlamentar mais próximo na linha de sucessão e que esteve, de fato, a poucos passos da cadeira do governador em 2020.

> Operação Alcatraz: os detalhes da investigação da Receita Federal que gerou a segunda fase

Operação Alcatraz: decretada a prisão domiciliar do presidente da Alesc

O arquivamento do processo de impeachment contra Moisés tem no DNA a reconciliação com Julio Garcia, que deve ser o segundo presidente afastado na história da Alesc - a Justiça suspendeu seu mandato. Na nova fase do governo, o presidente abriu as portas da Assembleia Legislativa ao governador e deu lastro às costura políticas desenhadas por seu braço-direito, transferido para a Casa Civil. 

Não por acaso, a ordem judicial contra Julio Garcia abalou as estruturas na Casa D´Agronômica nesta terça-feira. 

PF deflagra 2ª fase da Operação Alcatraz e cumpre 20 mandados de prisão em SC

O governador tem pouco a perder. Julio Garcia já ajudou a pavimentar o caminho entre a Casa D`Agronômica e a Alesc, e Moisés segue com Eron Giordani no projeto de viabilizar a entrada de novos partidos no governo. O desgaste de imagem dificilmente sobrará para o governo.

PF faz operação contra fraudes no auxílio emergencial em SC e mais 13 estados

O ônus recai, no entanto, sobre a Assembleia Legislativa. A forma como a figura central do Parlamento sai de cena, neste momento, é marcada pelo conveniente silêncio da maioria dos deputados - o mesmo silêncio que acompanhou as denúncias apresentadas ao longo dos últimos meses conta Julio Garcia, e que enfraquece o Parlamento.

Operação Alcatraz: PF indicia 10 pessoas em investigações sobre terceirização

No ano passado, dois pedidos de afastamento foram apresentados contra o presidente à Comissão de Ética, por ter o nome citado nas investigações da Operação Alcatraz. Ambos tiveram o mesmo destino: foram engavetados pelo Legislativo. 

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas