Antes refúgio dos surfistas, a Praia Brava, em Itajaí, se tornou a bola da vez para os imóveis voltados ao público “Triplo A”. O bairro tem uma das maiores concentrações de supercoberturas no Litoral de Santa Catarina, onde o metro quadrado ultrapassa R$ 74 mil e o apartamento pode custar até R$ 50 milhões.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

“Colada” em Balneário Camboriú, a Praia Brava é a escolha de celebridades como Gisele Bündchen e Grazi Massafera, e tem uma valorização fora da curva até mesmo para o concorrido mercado imobiliário de Santa Catarina: o preço dos imóveis chega a variar de 20% a 30% ao ano.

Uma das coberturas que virou objeto de desejo dos investidores está no Scenarium Brava Norte, da FG Empreendimentos, que está em fase de pré-lançamento. Com Valor Geral de Venda (VGV) estimado em R$ 1,2 bilhão, o empreendimento está em uma área de 29 mil metros quadrados. A maior parte do terreno será preservada.

Os apartamentos terão até 629 m²,  com ticket médio de R$ 11,5 milhões, divididos em quatro torres. São mais de 3,6 mil m² de área de lazer com assinatura do renomado arquiteto Otto Felix, reconhecido pelo prêmio Building of Year do portal ArchDaily, uma das mais visitadas plataformas de arquitetura do mundo.

Continua depois da publicidade

Outro destaque da Praia Brava é o Bravíssima Private Residence, que fica em uma área de 29 hectares frente mar e com uma Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN) de 16 hectares.

O condomínio, onde Gisele Bundchen se hospeda quando está em SC, conta com restaurante panorâmico, quadra oficial de tênis coberta, padel, quadra poliesportiva, campo de futebol society, piscina frontal ao mar com borda infinita, piscina aquecida com raia de 25 metros, piscina elevada no clube vista mar e ofurôs. Os apartamentos tipos têm 360 a 430 metros quadrados e as coberturas chegam a ter 800 metros quadrados, frente ao mar e com piscina privativa.

– Nos últimos anos temos observado uma maior procura por imóveis conectados à natureza porque as pessoas estão em busca de maior qualidade de vida e bem-estar. A maior demanda por esse tipo de empreendimento reflete diretamente na valorização imobiliária – avalia Bruno Cassola, especialista em mercado imobiliário.

O diferencial da Brava, em relação a outras praias na região, é justamente a natureza exuberante. Por isso há preocupação quanto ao modelo de crescimento do bairro. A associação de moradores tem atuado para evitar a verticalização excessiva, que pode resultar em sombra na faixa de areia e afetar o ecossistema local.

Continua depois da publicidade

A expectativa é pela implantação de uma área de proteção ambiental, determinada em acordo judicial, que vai abranger toda a orla e as morrarias que contornam as praias da Atalaia, Cabeçudas, Canto do Morcego e Parque Linear do Ribeirão do Cassino da Lagoa – algo fundamental para garantir o crescimento ordenado e a qualidade da praia.  

Conheça o projeto do Scenarium:

Destaques do NSC Total