Exatos 6 minutos e 38 segundos que vão fazer a diferença para o futuro do turismo em Praia Grande, no extremo Sul de Santa Catarina. A reportagem que o Fantástico exibiu na noite deste domingo (5), na Rede Globo, mostrando a façanha do slackliner Rafael Bridi é o assunto na pequena cidade de 7 mil habitantes, na divisa com o Rio Grande do Sul.

Continua depois da publicidade

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

– Foi incrível. Um dia memorável – definiu o secretário de Turismo de Praia Grande, Jorge Scandolara Júnior. Ele acompanhou de perto o feito de Rafael: o catarinense de Florianópolis se tornou recordista mundial de slackline nas alturas, ao fazer a travessia entre dois balões em uma fita de 20 metros e 2,5 centímetros de diâmetro, tudo isso a 1.910 metros de altitude.

Como pano de fundo, os balões da chamada Capadócia brasileira e acima das nuvens, tendo como cenários os canyons, grande atrativo natural da região, em franca expansão na exploração turística. – E o tamanho dessa visibilidade dada pelo Fantástico, é visibilidade mundial. A reportagem foi de tirar o fôlego. Eu estava no terceiro balão que acompanhou o Rafa, estava de perto, na travessia das nuvens, uma memória para a vida – contou o secretário.

Força para o turismo do Sul

O objetivo, agora, é tirar proveito do recorde de Rafael Bridi que colocará Praia Grande no Guinness Book. – Agora é trabalhar para transformar isso tudo em vendas para a Capital dos Canyons. Praia Grande está consolidada nas agências de turismo, que trazem os novos clientes. Em feiras e eventos, no meio turístico, já temos nome – referiu.

Continua depois da publicidade

A escolha de Rafael Bridi para bater o recorde mundial em Praia Grande ganhou todo o apoio. – Para potencializar o nosso turismo, o nosso grande desafio era atingir o público em geral. O Fantástico foi um tiro certeiro, é um programa de público geral em horário nobre. Quem já conhecia e tinha vontade de voar de balão, atiçou essa vontade na pessoa. Aquilo ficou na cabeça de muita gente, ou já procuraram para vir logo ou estão pensando em vir quando tiverem férias – comentou. – E temos os que nunca ouviram falar de Praia Grande. Agora, já descobriram que tem balão, vão pesquisar – emendou.

> Governador acena com investimentos em ferrovias para cargas e passageiros

O secretário faz as contas da colheita que Praia Grande poderá ter. A cidade já vem apresentando lotação constante de sua rede de pousadas e restaurantes nos finais de semana, para as visitas aos canyons e os passeios de balões. E haverá um salto. – Se a gente for pensar na audiência do Fantástico, visto por dezenas de milhões de brasileiros, se 1% se transformar em vendas, nós nem temos a capacidade para operar isso tudo – brincou. 

Leia também:

> Novembro teve o menor número de mortes por Covid em 17 meses em SC

Continua depois da publicidade

> Lei da educação domiciliar tem nova derrota em Santa Catarina

> População de baixa renda terá isenção de ICMS para compras

Destaques do NSC Total