nsc
nsc

Prejuízos

Tampas, bancos e lâmpadas no alvo de vândalos em Cocal do Sul

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
15/07/2021 - 11h40 - Atualizada em: 15/07/2021 - 11h41
Bocas de lobo não escapam de furtos e vandalismo em Cocal do Sul
Bocas de lobo não escapam de furtos e vandalismo em Cocal do Sul (Foto: Divulgação)

O prejuízo chega a R$ 10 mil. A prefeitura de Cocal do Sul, cidade vizinha a Criciúma, no Sul de Santa Catarina, já registrou alguns boletins de ocorrência para registrar furtos de grades e tampas de bocas de lobo, de bancos de paradas de ônibus e até de lâmpadas de uma das praças centrais.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O maior prejuízo diz respeito às bocas de lobo, em torno de R$ 6,7 mil. - É que essas grades são de ferro, material que está com dificuldade para reposição, falta no mercado - argumenta o secretário municipal de Infraestrutura, Vanderlei Figueiredo. Com isso, pelo menos nove bocas de lobo estão abertas pela cidade, oito no bairro Jardim Bela Vista e uma nos arredores do cemitério.

Sobre os bancos das paradas de ônibus, a prefeitura calcula um prejuízo de R$ 2,2 mil. - Levaram cinco bancos de paradas, eles são de madeira, cada um custa em torno de R$ 450 - contabiliza o secretário. A alternativa estudada pela prefeitura é implantar bancos de concreto, para evitar a ação dos vândalos.

> É preciso ter diploma para dirigir um serviço de água e esgoto?

As lâmpadas furtadas iluminavam a praça da Igreja Matriz, no Centro de Cocal do Sul. - Já estamos repondo - informa o secretário.

Cavaletes sinalizam algumas das bocas de lobo que ficaram sem tampa
Cavaletes sinalizam algumas das bocas de lobo que ficaram sem tampa
(Foto: )

Com a preocupação de tentar minimizar a reincidência desses atos, o município quer investir na ampliação do sistema de câmeras de vigilância. - Enquanto isso, pedimos o apoio da comunidade, paciência e também cuidado, nesses locais onde não há mais as tampas, sinalizamos como foi possível para evitar acidentes - completa.

Leia também:

> Buraco em ponte preocupa na SC-108, em Cocal do Sul

> Moisés projeta agravamento da pandemia de Covid em visita ao Sul de SC

> Governador ouve apelos de empresários do Sul

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas