nsc
nsc

Arte e Cultura

A cultura Hip Hop ocupou o Morro da Penitenciária, que se tornou um dos principais pontos de arte urbana de Florianópolis

Compartilhe

Edsoul
Por Edsoul
17/03/2021 - 16h04 - Atualizada em: 17/03/2021 - 16h16
Uma das missões do Agenda é proporcionar oportunidades e protagonismo pra mulheres dentro da arte urbana
Uma das missões do Agenda é proporcionar oportunidades e protagonismo pra mulheres dentro da arte urbana (Foto: Bruna Ferreira / NSC Total)

A primeira edição do Festival de Graffiti Agenda Urbana foi viabilizada pelo Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo a Cultura – edição 2020, e rolou na comunidade do Morro da Penitenciária, com a presença de 12 graffiteiros e graffiteiras, que participaram do processo de seleção que contou com mais de 60 inscrições, além de mais de 43 graffiteiros e graffiteiras convidados para realização do muro paralelo e apresentações de artistas de todos os segmentos da Cultura HipHop local. O projeto tem como objetivo proporcionar o acesso à cultura e à arte urbana de forma gratuita para a população de modo geral.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Ocupando um espaço de tamanha importância que atua na história da comunidade há mais de 30 anos, a Casa da Criança do Morro da Penitenciaria. Além do mural incrível que ficou como resultado e memória afetiva do Festival, a comunidade ganhou uma galeria a céu aberto com acesso livre, gratuito e universal por tempo indeterminado.

Galera que ajudou no dia do evento
Galera que ajudou no dia do evento
(Foto: )

O Agenda Urbana é o primeiro e único centro de artes urbanas da região, fundado e administrado por mulheres, desde 2017. Uma das missões do Agenda é proporcionar oportunidades e protagonismo pra mulheres dentro da arte urbana, neste evento foi dado um grande passo nessa caminhada, porque a equipe foi formada majoritariamente por mulheres.

Todos os protocolos de segurança da pandemia do Covid-19 foram rigorosamente atendidos. Distribuição de máscaras e exigência de uso das mesmas, diversos dispensers de álcool em gel a disposição no local, medição de temperatura na entrada. Todas as ações ocorreram em ambientes abertos e separados para garantir o distanciamento e segurança do público

> Projeto da UFSC oferece ajuda gratuita para pessoas em luto

Enfim meus queridos, foram dois dias mágicos com muita cultura, que movimentou o setor cultural urbano da cidade! Mais de 500m² de mural construído coletivamente por 55 graffiteiros e graffiteiras. Uma equipe que contou com a participação de mais de 80 pessoas e o Hip Hop se fez presente com todos os seus elementos representados pelo graffiti e por: Coletivo Disconéctar, DJ Lovesteady, UmTeto, Gritto, Jehnny Glow, Thayna Rafaella, Zara Dobura e House of Sorceress, Ju Milan, Gui Fant e convidados, Gleysinho e 3F’s.

Acompanhe tudo que rolou e o que estar por vir, no Instagram do @agenda.urbana

Mural incrível ficou como resultado e memória afetiva do Festival
Mural incrível ficou como resultado e memória afetiva do Festival
(Foto: )

> Catarinense cria aplicativo que recompensa quem ajuda os outros

Edsoul

Colunista

Edsoul

Edsoul sabe tudo o que rola nas comunidades de Floripa. Reivindicações, histórias de superação e serviços interessantes para galera.

siga Edsoul

Edsoul

Colunista

Edsoul

Edsoul sabe tudo o que rola nas comunidades de Floripa. Reivindicações, histórias de superação e serviços interessantes para galera.

siga Edsoul

Mais colunistas

    Mais colunistas