Na semana que passou, a casa de espetáculo mais antiga do Estado foi devolvida à população de São José. Tive a sorte de estar lá praquelas bandas para gravar uma matéria bacana para o nosso Jornal do Almoço. Inclusive, foi lá que reencontrei o querido Aniceto, militar aposentado e ex-vendedor de amendoim nas imediações do Theatro Adolpho Melo. Seu Aniceto conta que ele e mais dois irmãos vendiam as doçuras para o público que lotava a sala. Mas quando se tratava de curtir um filme ou qualquer outra manifestação artística que acontecesse lá, ele e os irmãos eram impedidos de entrar por não terem o valor das entradas. 

Continua depois da publicidade

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Márcio Gonzaga, ator e diretor de teatro
Márcio Gonzaga, ator e diretor de teatro (Foto: Edsoul)

Pois bem, seu filho, Márcio Gonzaga foi criado ouvindo as tais histórias sobre as vendas e traquinagens que rolavam na praça central da antiga São José da Terra Firme. De tanto ouvir sobre os anseios do pai, o cara jurou para si mesmo que um dia estaria naquele palco. Hoje, Marcinho Gonzaga é ator e diretor de teatro, e ao lado de outros artistas, é um dos nomes mais conhecidos.

> Novas regras para teatros seguem mantendo Santa Catarina longe de grandes espetáculos

Como é bacana quando os impedimentos se transformam em combustível para a busca, alcance e realização dos sonhos, não é mesmo?

Continua depois da publicidade

Aniceto Gonzaga, militar aposentado e ex-vendedor de amendoim
Aniceto Gonzaga, militar aposentado e ex-vendedor de amendoim (Foto: Edsoul)

Num bate papo rápido com os responsáveis pelo Adolpho Melo, fiquei sabendo que a grade de programação para 2021 já está sendo pensada. Mas é óbvio que dependemos da tão sonhada vacina para que artistas e amantes da arte se encontrem por lá em grande espetáculos.

> Municípios terão dificuldade de comprar vacina contra covid-19, avalia prefeita de São José

Destaques do NSC Total