nsc
nsc

Infraestrutura

Audiência pública discute duplicação da BR 282 entre trecho Lages e Florianópolis

Compartilhe

Eduarda
Por Eduarda Demeneck
14/06/2021 - 16h04
Reunião discute alternativas para duplicação da BR 282
Reunião discute alternativas para duplicação da BR 282 (Foto: Reprodução/Google Maps)

A semana começou com um debate importante em Lages que envolveu representantes públicos e empresariais, mais uma vez a duplicação da BR 282 entre Lages e Florianópolis foi assunto entre representantes públicos, políticos e empresariais. A reunião é realizada a pedido do Ministério Público Federal. Segundo o Procurador da República, Nazero Wolff, o MPF acompanha as condições de operação e necessidade de investimentos entre as BRs 116 e 101, através de um inquérito civil público. Uma possível concessão se mostrou inviável pelos custos, a intenção da audiência é levantar possibilidades de melhorar o tráfego da BR 282 para levar os encaminhamentos até Brasília.

>>Duplicação da BR-282 em SC: governo Moisés quer discutir concessão da rodovia

- Ideia é levar o resultado dessa discussão como contribuição para tomada de decisão. Próximo passo é reuniões com ministérios envolvidos da Infraestrutura e Economia, informou o procurador.

Representantes do Fórum das Entidades entendem que é com urgência que esse assunto precisa ser tratado e solucionado, visto que a BR 282 recebe milhares de veículos todos os dias, e a demanda tem aumentado ano após ano.

- Porque já sabemos que a capacidade de infraestrutura já não comporta mais o número de veículos que trafega diariamente, principalmente entre o trecho de Lages e Florianópolis. A ideia é justamente nós darmos um início nessas proposições para levarmos ao governo federal, para já entregar a solução para nossa BR 282, explicou o coordenador do Fórum das Entidades, Jeferson Rodrigo de Oliveira.

O secretário de Estado e Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira esteve na reunião. Segundo ele a melhora da infraestrutura na BR 282 é uma necessidade.

>>Janssen adia entrega de vacinas contra Covid, e doses não chegam ao Brasil nesta terça

- A 282 é uma necessidade para toda região e para Santa Catarina. Muito se debate, mas a gente precisa superar as necessidades e é por isso que o governador entregou ao Fórum das Entidades um pedido para que as melhorias possam sair do papel. Normalmente o processo de concessão ele é travado porque a gente não consegue encontrar o que chamamos de tarifa justa, porque a empresa tem que fazer muitos investimentos e a receita que ela tem do pedágio não compensa esses investimentos.

De acordo com o secretário uma das alternativas para conseguir o processo de concessão sem passar o ônus para o consumidor seria o estado contribuir com recursos para subsidiar e buscar o equilíbrio econômico e financeiro do contrato. A audiência Pública acontece de forma online e presencial, nela participam representantes da Arteris, Departamento Nacional de Infraestrutura, Deputados Estaduais e Federais, Senadores e representantes do governo estadual, municipal além das classes empresariais da região serrana.

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Mais colunistas

    Mais colunistas