nsc
nsc

Meio-Oeste

Após atraso em reforma no teto, escola em Vargem Bonita tem estrutura comprometida

Compartilhe

Eduarda
Por Eduarda Demeneck
15/12/2020 - 12h43 - Atualizada em: 16/12/2020 - 11h52
Escola Estadual de Vargem Bonita sofre com problemas estruturais
Escola Estadual de Vargem Bonita sofre com problemas estruturais (Foto: Nélio Ferreira / Divulgação)

A Escola de Educação Básica Vitório Roman, de Vargem Bonita, está há quatro meses com problemas no telhado, danificado pelo temporal que atingiu vários munícipios em Santa Catarina no mês de agosto. Para o ano letivo de 2021 será preciso, além de uma adaptação para o retorno das aulas presencias, uma reforma geral para que a escola possa receber estudantes e professores.

> Novo decreto estabelece regras para volta às aulas em Santa Catarina

Além do telhado, as salas de aulas estão bastante danificadas, o forro está caindo, há infiltrações no piso, os móveis estragaram e a situação está cada vez mais complicada. Sem telhado as salas ficam alagadas toda vez que chove, molhando livros, computadores e documentos.

Salas da Escola Estadual Vitório Roman estão destruídas por causa da chuva
Salas da Escola Estadual Vitório Roman estão destruídas por causa da chuva
(Foto: )

— Lembro que, logo após o ocorrido foi tentado cobrir a escola com lona, o que não surtiu resultado devido vários fatores: intempéries, estrutura física, entre outros (...) Nossa escola precisa de uma atenção especial, necessitamos que seja feita uma reforma geral e urgente, não bastando apenas a troca da cobertura. Cada dia que passa a situação fica mais preocupante — comenta o presidente da Associação de Pais e Professores da escola, Nélio Ferreira.

> Governo de SC estima vacinar menos de 40% da população em 2021

Em contato, nesta terça-feira (15), com o supervisor regional de Educação de Joaçaba, Itamar Favetti, ele disse que na época do temporal foram feitos orçamentos para consertar o telhado da unidade, mas com os preços muito altos não foi possível a contratação. Comentou que uma licitação foi feita e já se tinha a empresa vencedora para fazer a obra. Mas, que para isso era preciso que o Estado aprovasse e e publicasse o edital de construção. 

Nós também procuramos a Secretária Estadual de Educação que só nos respondeu nesta quarta-feira (16). Segundo a assessoria da pasta, a emprea ainda não foi contratada, houve equivoco na informação repassada pela gerência regional. Mas, garantiu que o edital está sendo preparado para a contratação da empresa que irá fazer a reforma geral da escola, do telhado e da estrutura. A expectativa é que ele seja lançado nos próximos dias.

Veja também:

Médicos de Joinville são suspeitos de fraudar registro do ponto no Hospital Regional

Santa Catarina dá razão às críticas de jornal argentino ao permitir hotéis lotados no verão

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Mais colunistas

    Mais colunistas