nsc
    nsc

    Oportunidade

    Feriado é de movimento em pousadas rurais da Serra; com a pandemia a procura pela região aumentou

    Compartilhe

    Eduarda
    Por Eduarda Demeneck
    02/01/2021 - 12h16
    A Serra Catarinense está cada vez mais na lista de turistas que querem aproveitar as férias de verão em contato com a natureza.
    A Serra Catarinense está cada vez mais na lista de turistas que querem aproveitar as férias de verão em contato com a natureza. (Foto: Eduarda Demeneck / Divulgação)

    A região mais lembrada no frio vem se destacando como destino, também no verão. A Serra Catarinense está cada vez mais na lista de turistas que querem aproveitar as férias de verão em locais mais reservados, em contato com a natureza e com clima mais ameno. No feriado de ano novo, as pousadas rurais nas principais cidades turísticas, São Joaquim, Urupema, Urubici, Bom Jardim da Serra e Lages ficaram movimentadas, muitas preencheram todas as vagas.

    “O clima do verão aqui é muito gostoso. Tu sabe que durante o dia tu vai ter passeios de água, tu vai se divertir no sol, mas a noite tu sabe que sempre vai ser fresquinho, que sempre vai ser agradável”, disse Sandi de Oliveira, turista de Tubarão que veio passar o feriado com a família em uma pousada rural de Urupema.

    :: Geada é registrada na Serra no primeiro fim de semana de 2021

    A pandemia tem feito com que muitas famílias com crianças viagem para a Serra. A maioria dos hóspedes vem de cidades litorâneas e de estados como Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. Entre as atividades estão passeio a cavalo e banho em cachoeiras. Para este mês de janeiro a expectativa é que a procura aumente, até o dia dez a maioria das pousadas está com ocupação máxima. Esse movimento é o que deve dar um fôlego para o setor. Apesar disso, a Assessora de Turismo da região, Ana Vieira, diz que a hotelaria segue trabalhando na incerteza.

    ::MP recorre à Justiça e diz que ocupação hoteleira vai prejudicar volta às aulas

    “Devido a situação atual, a insegurança de taxa de ocupação que não está muito clara para o empresário da hotelaria. E essa incerteza de liberação e não liberação faz com que tenha uma insegurança muito grande em relação a essa negociação com cliente”.

    Assim como em todo o estado as medidas sanitárias precisam ser cumpridas. Em todos os ambientes o álcool em gel precisa estar disponível, é necessário a utilização da máscara e distanciamento de 1,5 entre as pessoas que não são da mesma família ou convívio social.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas