nsc
nsc

Investigação

Justiça analisa recurso de médico condenado por cobrar indevidamente partos realizados pelo SUS em Lages

Compartilhe

Eduarda
Por Eduarda Demeneck
07/05/2021 - 15h20
Médico é condenado por cobrar partos realizados pelo SUS
Médico é condenado por cobrar partos realizados pelo SUS (Foto: Arquivo / Diário Catarinense)

Médico de Lages acusado por cobrar indevidamente de gestantes os partos realizados pelo SUS entra com recurso na justiça. Ele foi condenado a três anos, dois meses e 12 dias de reclusão, em regime aberto, e ao pagamento de multa de 15 salários mínimos. A condenação por corrupção passiva aconteceu em 2020, pela 2ª Vara Criminal da comarca de Lages. Agora a justiça catarinense analisa o novo recurso do médico que pode ser o último antes do processo transitar em julgado.

>>Moisés volta ao governo de SC após ser absolvido no impeachment dos respiradores

Pela denúncia o profissional cobrou indevidamente por partos realizados no Hospital Tereza Ramos, em Lages, que foram custeados pelo SUS. Os procedimentos aconteceram entre os anos de 2012 e 2013. Ele teria cobrado até mil reais para fazer a cesariana na unidade.

“Ao manifestar a vontade de ter um parto por cesariana, durante as consultas de pré-natal feitas no consultório particular ou pela rede pública de saúde, as gestantes eram informadas do valor que deveriam pagar pelo procedimento, entre R$ 800 e R$1mil. Na oportunidade, o profissional fazia um comparativo com investimento em uma clínica particular, o que poderia chegar a R$ 7mil. Ainda havia a condição de ser no período em que o médico estivesse de plantão na maternidade” informa nota do Tribunal de Justiça de SC.

>>Trabalho escravo em colheita da maça é investigado em São Joaquim

O pagamento geralmente era feito no consultório particular do médico, no retorno da mulher para a retirada dos pontos. O profissional era funcionário público do estado.

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Mais colunistas

    Mais colunistas