Depois do anúncio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendando a suspensão da vacina Astrazeneca/Oxford contra Covid-19 em gestante, a Secretaria de Saúde de Lages, que estava imunizando as gestantes com comorbidades resolveu suspender vacinação imediatamente, até que o Ministério da Saúde se manifeste de forma oficial.

Continua depois da publicidade

Nesta segunda feira (10), em nota técnica, a Anvisa não disse o motivo da recomendação da suspensão, informou apenas que a orientação é resultado do “monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas Covid em uso no país”.

Portanto, em Lages apenas os idosos com mais de 60 anos, profissionais de saúde e pessoas com comorbidades elencadas no primeiro grupo de vacinação, exceto gestantes, estão recebendo a 1ª dose da Astrazeneca. A vacinação com a Coronavac está sendo usada apenas para aplicação da 2ª dose, para garantir vacina à quem teve o intervalo de 28 dias e precisa completar a imunização.

>>Em Lages pessoas maiores de 50 anos e com comorbidades começam ser imunizadas

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total