nsc
nsc

Ajuda no tratamento

Ventilador pulmonar produzido na Serra pode ajudar no tratamento da Covid-19

Compartilhe

Eduarda
Por Eduarda Demeneck
26/08/2020 - 10h34 - Atualizada em: 26/08/2020 - 15h01
Ventilador Pulmonar foi produzido por professores do Senai de Lages
Ventilador Pulmonar foi produzido por professores do Senai de Lages (Foto: Oneris Lopes / Amures)

Batizado de "ARAUCARIA I", o protótipo de ventilador pulmonar criado em Lages, na Serra Catarinense, foi apresentado nesta semana. O equipamento com custo menor foi desenvolvido pelos professores Dionatan de Liz, Adilson Soares e Everaldo Wiggers, da disciplina de automação e mecatrônica do SENAI. A previsão inicial é de um custo inferior a R$15mil para a produção de três equipamentos. A intenção é que ele seja usado em pacientes internados pela Covid-19.

::Alunos de escolas estaduais de SC vão ter aulas de reforço em 2021 sobre conteúdos deste ano

“Foram muitas horas de trabalho dentro de um programa específico considerando a programação e compressão da mecânica do equipamento. O fisioterapeuta Leonardo Stefen, exímio conhecedor do funcionamento e operações deste tipo de equipamento acompanhou e orientou a parte mecânica e o resultado é animador”, afirma a gerente executiva do Senai, Silvia De Pieri.

O ventilador mecânico faz com que o oxigênio chegue até os pulmões com facilidade, para quem está tendo dificuldades em respirar. A máquina sopra ar rico em oxigênio para dentro dos pulmões do paciente a partir de um tubo. Foram três meses de testes e pesquisas. Agora o ventilador precisa ser aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para ser disponibilizado. Ele será testado no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages. Depois disso, mais dois equipamentos devem ser produzidos.

O protótipo foi desenvolvido com recursos da Campanha Juntos pela Serra, de enfrentamento ao Covid-19. O dinheiro da campanha está sendo administrados pelo Consórcio de Saúde. Instituições como Uniplac, Senai, CDL, Associação Empresarial de Lages (Acil) e Associação dos Munícipios da Região Serrana (Amures), ajudaram na arrecadação de recursos para a campanha.

::Auxílio emergencial tem novo calendário de pagamento a partir de 28 de agosto

“O foco da campanha era arrecadar recursos para compra de ventiladores e concluímos que seria mais barato fabricar o produto, pois tínhamos profissionais qualificados em nossa região para tal execução. Buscamos os parceiros e hoje temos um sonho realizado”, comentou a diretora executiva do Consórcio de Saúde, Beatriz Montemezzo.

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Mais colunistas

    Mais colunistas