nsc
    nsc

    Banco da Família adota a metodologia Semáforo de Eliminação da Pobreza

    Compartilhe

    Estela
    Por Estela Benetti
    16/12/2019 - 23h50
    Sistema permite o protagonismo das famílias, diz Isabel Baggio Foto: Jonatan Costa, divulgação
    Sistema permite o protagonismo das famílias, diz Isabel Baggio Foto: Jonatan Costa, divulgação

    O Banco da Família, instituição catarinense de microfinanças, traz para o Estado a metodologia Semáforo de Eliminação da Pobreza. Consiste em um sistema desenvolvido no Paraguai que pontua ações estratégicas e coloca as pessoas como protagonistas das mudanças nas suas vidas. O modelo da Fundación Paraguaya, que foi destaque no Fórum Econômico Mundial, em Davos, Suíça, pontua 50 indicadores de qualidade de vida. O Banco da Família firmou uma parceria com a instituição para adotar o programa nas regiões onde atua no Sul do Brasil.

    A partir de janeiro, 300 famílias começam a participar de projeto piloto, informa a fundadora e presidente da instituição de microcrédito, Isabel Baggio. Os registros são feitos por aplicativo que pode ser usado no celular ou computador.

    - A nossa missão é promover qualidade de vida e transformação social. Hoje, percebemos que isso não fica restrito à oferta de crédito. Nós queremos ajudar as pessoas a realizarem sonhos e essa ferramenta veio ao encontro do que já fazemos há 21 anos – afirma a presidente.

    Para ela, o grande diferencial do Semáforo de Eliminação da Pobreza é garantir para as famílias o protagonismo no esforço de melhoria da sua qualidade de vida. O sistema já é adotado em 20 países, entre os quais Estados Unidos, Inglaterra, México e Chile.

    O aplicativo conta com um mapa visual que destaca em vermelho ou amarelo os pontos que merecem mais atenção. A metodologia inclui um diagnóstico inicial e posterior apoio técnico do Banco da Família para a definição de planos para solucionar os problemas mais graves encontrados.

    Os agentes de crédito do Banco da Família foram treinados pela Fundación Paraguaya para fazer tanto o diagnóstico quanto a definição de estratégias para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas