nsc
nsc

Economia

Como o setor de defesa impulsiona a inovação

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
28/09/2019 - 06h45
(Foto: Fabrício Almeida / Divulgação)

O setor empresarial e instituições de pesquisa de Santa Catarina estão animados com os contados feitos na SC Expo Defense, a primeira exposição no Estado focada na aproximação entre indústrias e outras empresas com o setor de defesa. O objetivo é identificar demandas e gerar negócios com ênfase em inovação.

Esse é o ambiente próprio. Um exemplo global resume a importância dessa estratégia: foi para criar uma rede secreta de comunicação para proteger os Estados Unidos da insegurança da “Guerra Fria” com a União Soviética que cientistas americanos criaram a internet em 1969. Décadas depois essa tecnologia digital chegou para as pessoas e está virando o mundo pelo avesso.

Realizada pelo Ciesc, através do Comitê da Indústria de Defesa da Fiesc (Comdefesa) e pela Base Aérea de Florianópolis, a Expo Defense foi aberta nesta sexta-feira com presenças de autoridades como o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, governador Carlos Moisés, presidente da Fiesc Mário Cezar de Aguiar e o presidente do Comdefesa, Cesar Augusto Olsen.

O ministro falou da importância do projeto de construção de quatro navios de escolta no estaleiro Oceana, em Itajaí. Disse que cerca de 50 fornecedores atenderão o projeto de R$ 10 bilhões.

— As Forças Armadas são clientes que requerem muita tecnologia. Isso vai agregar valor à nossa indústria que é muito diversificada – disse Mário Aguiar.

Antes da abertura da Expo, Cesar Olsen já comemorava o retorno do evento.

— Eu brinco com o pessoal. Nós miramos na coruja e acertamos na lua. As autoridades militares ficaram impressionadas com o potencial da indústria de SC – observou ele.

O governador também falou da importância da inovação da indústria de SC para as forças armadas. Ano passado, o setor de Defesa realizou compras no valor de R$ 17,5 bilhões. A mostra, que vai até este domingo, conta com 60 expositores - indústrias e instituições que são referência no Estado. Entre os participantes estão a Dígito, Intelbras, WEG, Olsen, Schulz, Altona, Altenburg, Librelato, Horus, Viposa, Farben, Ypy, Senai, UFSC, Acate e Certi. Na foto, Aguiar (E), o governador, o ministro Silva e Olsen (D) abriram a Expo Defense.

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Últimas do colunista

Loading interface...
Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas