nsc
nsc

Hospital de campanha

Coronavírus em Santa Catarina: Empresas ajudam a ampliar a oferta de leitos para doentes da Covid-19

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
31/03/2020 - 13h37 - Atualizada em: 31/03/2020 - 15h23
Empresários visitam obras no Hospital São José (Foto: Acij / Divulgação)
Empresários visitam obras no Hospital São José (Foto: Acij / Divulgação)

A maior cidade de Santa Catarina, Joinville, está ampliando em 100 o número de leitos num anexo do seu hospital público principal, o São José, para atender doentes com o novo coronavírus. A associação empresarial (Acij), através do seu comitê de crise, está auxiliando. Desses leitos, 53 ficarão prontos em 15 de abril e 47 no dia 20 de abril.

> Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

- Estamos realizando obras de infraestrutura na rede de cobre para oxigênio, rede elétrica e de tecnologia da informação, rede hidráulica, instalação de pias, torneiras, registros e toda pintura. Deslocamos 15 profissionais para essa conclusão emergencial e esses colaboradores atuam no local há 10 duas - destaca o vice-presidente da Associação, Marco Antonio Corsini.

Para instalar o ambiente, também foram demolidas paredes e outros ajustes necessários, explicou Corsini, que é empresário da construção civil.

O secretário de saúde de Joinville, Jean Rodrigues, informa que estão em fase de contratação 70 profissionais de saúde entre médicos e enfermeiros. Eles vão atuar nessa área, que será interligada com a Central de Triagem instalada na Associação Atlética Tupy.

- É um hospital de campanha com área ambulatorial e inicia o atendimento com 53 leitos, podendo chegar a 72 específicos do coronavírus no pior cenário – diz o secretário, ao destacar que serão atendidos pacientes de Joinville e, talvez, de outras cidades, conforme a demanda e eventual necessidade apontada pela Secretaria de Estado da Saúde.

> Painel do Coronavírus mostra os casos confirmados no Estado e escalada de mortes no país

O presidente da Acij, João Joaquim Martinelli, alerta que a situação é delicada, exige rapidez, celeridade das autoridades de saúde e da economia. Segundo ele, o setor privado está dando apoio.

A Acij também está adquirindo 16 respiradores para o setor público e, em 15 dias, vão chegar da China 150 mil máscaras e 50 mil óculos para hospitais. A entidade está com uma conta aberta para doações até o fim de abril.

A conta é no Banco Sicredi 748, Agência 2602, Conta Corrente 17391-6.

O trabalho voluntário na Acij foi dividido em grupos: Marco Antonio Corsini (obras no São José), Fernando Cestari de Rizzo (central de triagem), Adriano Bornschein Silva (compra de materiais) e Marcelo Hack (fabricação de protetores faciais).

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas