nsc
nsc

Agroindústrias 

Coronavírus: frigoríficos registram casos de Covid-19

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
16/04/2020 - 04h30 - Atualizada em: 16/04/2020 - 06h56
Seara testa temperatura de trabalhador quando ele chega à empresa Foto:Divulgação
Seara testa temperatura de trabalhador quando ele chega à empresa Foto:Divulgação

Apesar das normas rígidas de sanidade seguidas por frigoríficos brasileiros, alguns casos de coronavírus começam a ser registrados em empresas do setor. A BRF informou nesta quarta-feira que teve seis funcionários que registraram positivo para a Covid-19, mas que foram afastados antes do diagnóstico, informou o jornal Valor.

A prefeitura de Concórdia, no sábado, informou o primeiro caso de uma trabalhadora de um abatedouro de Ipumirim, cidade vizinha, pertencente à Seara, do grupo JBS. Depois, mais dois trabalhadores da mesma unidade testaram positivo para coronavírus. Os trabalhadores foram afastados.

:: Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

Ainda segundo o Valor, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, está acompanhando atentamente esses casos e o objetivo é evitar que o coronavírus atinja muitos funcionários, forçando o fechamento de frigoríficos, como aconteceu nos Estados Unidos.

Medidas de segurança

Os frigoríficos brasileiros seguem protocolos rígidos de equipamentos de proteção individual (EPI). Além disso, as empresas adotaram uma série de medidas de segurança. A Seara informa que estabeleceu protocolos e segue normas do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde.

Protocolos da Seara:

Grupo de Risco: Afastamento dos colaboradores que se encaixam nos grupos de risco - pessoas com mais de 60 anos, gestantes e aqueles que tiverem indicação médica.

Informação e conscientização: Reforço e contínua comunicação sobre prevenção e cuidados - campanhas internas de conscientização sobre higienização das mãos, uso do álcool em gel e distanciamento social, entre outros. Uso ostensivo de canais de comunicação nas unidades, com TVs, murais e campanhas audiovisuais.

Transporte: Ampliação das frotas dos ônibus que fazem o transporte dos colaboradores e intensificação da higienização e desinfecção dos veículos no intervalo das viagens.

Saúde: Controle de temperatura de todos os colaboradores nas entradas dos turnos e vacinação gratuita para gripe H1N1 para 100% dos colaboradores.

Cuidados pessoais: Fornecimento de máscaras de uso obrigatório. Disponibilização de sabonetes, sanitizantes e de álcool em gel nas áreas comuns.

Higienização: Desinfecção diária de todas as instalações com registros a cada realização e ampla divulgação para consulta dos colaboradores.

Distanciamento: Regras para coibir a aglomeração e promover o distanciamento seguro entre colaboradores e demarcação de intervalos de espaços e controle de acesso nas portarias e nos vestiários das unidades.

Refeições e descanso: Criação de novas rotinas de horários alternados para as pausas, com reorganização dos espaços de descanso. Nas refeições, implantação de regras de distanciamento, com instalação de divisórias e sinalizações visuais.

Equipamentos de Proteção Individual (EPIs): Implantação de novos equipamentos de proteção como máscara tipo ninja e outras de proteção total do rosto.

Outros: Criação de protocolos de emergência para qualquer integrante da equipe que apresente sintomas. No caso em que um colaborador da JBS teste positivo para Covid-19, a empresa prestará imediato atendimento e total apoio a ele e seus familiares, com acompanhamento integral até seu restabelecimento. Nesse período, conforme orientam os órgãos de saúde, o colaborador será afastado de suas atividades. Além disso, a empresa inclui como protocolo a total desinfecção e sanitização das áreas comuns e do local em que o profissional trabalha.

:: Como ir ao trabalho e com quem deixar as crianças: as respostas que o governo não dá ao flexibilizar a quarentena

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas