nsc
nsc

Palestra em Florianópolis

Criador do Waze diz que empreender é se apaixonar 

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
17/08/2019 - 06h30

O israelense Uri Levine, um dos três fundadores do Waze, fez a palestra de encerramento do Startup Summit, nesta sexta. Um dos maiores aplicativos de tráfego e navegação baseados na comunidade do mundo, o Waze foi vendido por 1,3 bilhão de dólares ao Google.

Com o tema "Falling in love with the problem", Levine falou que empreender é como se apaixonar, e que todos os negócios têm altos e baixos, mas nas startups isso pode ser diário. Ele explica que faz a comparação porque quando você está apaixonado quer estar com a pessoa o tempo todo e não se interessa por outras coisas e que a primeira reação é que nada vai dar certo. 

— Já ouvi que o Waze era a ideia mais idiota do mundo, mas eu estava apaixonado. Você precisa estar apaixonado pelo que está criando para não desistir – ensinou, ao destacar que é necessário não ter medo de errar porque a jornada empreendedora é de fracasso. 

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Últimas do colunista

Loading interface...
Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas