nsc
nsc

Doação

Laboratório suíço vai doar medicamentos de UTI para SC

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
20/05/2021 - 18h32
UTIs enfrentaram falta de kit intubação no Brasil
UTIs enfrentaram falta de kit intubação no Brasil (Foto: Zanone Fraissat,Folhapress)

A falta de medicamentos anestésicos para pacientes de UTIs no Brasil, nos últimos tempos, tem motivado doações internacionais. O laboratório Sintetica SA, da Suíça, informou que vai doar 52 mil unidades dos medicamentos Fentanila e Midazolam, usados no tratamento de pessoas internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Similares desses produtos são feitos no Brasil, mas em quantidade insuficiente.

A doação resultou de mobilização da força-tarefa integrada pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Associação Catarinense de Medicina (ACM) e Secretaria de Estado da Saúde com articulação da Embaixada da Suíça no Brasil e consulado do país em Santa Catarina.

Variante indiana mais letal da Covid pode chegar em SC, alerta Ministério da Saúde

A Fiesc está colaborando para acelerar os processos aduaneiros. O presidente da entidade, Mario Cezar de Aguiar, avalia essa iniciativa como importante para o enfrentamento da pandemia. Para o cônsul da Suíça em SC, Luiz Gonzaga Coelho, que participa das negociações, essa iniciativa da empresa é um gesto humanitário.

Nesta quinta-feira foi realizada reunião virtual em que foi definida como prioridade a busca de autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a importação desses produtos. O Sintetica vai cuidar do transporte e a Secretaria de Estado da Saúde fará o contato com a Anvisa.

Participaram o CEO da Sintetica, Miro Venturi; embaixador da Suíça no Brasil, Andrea Semadeni; cônsul honorário da Suíça em SC, Luiz Gonzaga Coelho; e o diretor de Inovação e Competitividade da Fiesc, José Eduardo Fiates. Também estiveram no evento o presidente da Associação Catarinense de Medicina, Ademar de Oliveira Paes; o secretário adjunto de Saúde do Estado, Alexandre Fagundes; e o coordenador de projetos no consulado da Suíça, Alexandre Suchodolski.

A falta de medicamentos para intubação em UTIs no Brasil, nos últimos meses, mobilizou governos em empresas. No Brasil, grandes companhias como a Engie, Vale, Itaú, Klabin e Raízen fizeram compra internacional de produtos. Entre os governos que colaboram com doações desses produtos está o da Espanha.

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas