nsc
    nsc

    Falecimento

    Morre o industrial Hylário Zen, visionário da internacionalização e político

    Compartilhe

    Estela
    Por Estela Benetti
    16/10/2020 - 19h40
    Hylário Zen, co-fundador da indústria Zen S.A., de Brusque
    Hylário Zen, co-fundador da indústria Zen S.A., de Brusque (Foto: Fiesc, Divulgação)

    O empresário e político Hilário Zen, 91 anos, de Brusque, faleceu de causas naturais na noite desta quinta-feira, na sua residência em Porto Belo. O êxito da Zen S.A., empresa de autopeças que fundou com o irmão Nelson Zen o projetaram como líder empresarial e político. Enquanto a Zen se destacava como uma das grandes fornecedoras globais de impulsores de partida para veículos, Hylário presidiu a Associação Empresarial de Brusque (Acibr) de 1993 a 1996 e foi prefeito da cidade no período de 1997 a 2000. Em 2014, foi homenageado pela Federação das Indústrias do Estado (Fiesc) com a Medalha do Mérito Industrial de SC, principal homenagem do setor.

    - Ao lado do irmão Nélson, Hylário construiu um grande empreendimento industrial, que este ano completou 60 anos e se tornou líder mundial como fabricante independente de impulsores de partida – afirmou Mario Cezar de Aguiar, presidente da Federação das Indústrias de SC (Fiesc).

    A determinação de produzir autopeças de qualidade e buscar mercados pelo mundo abriram portas para a Zen. Hoje a empresa conta com mais de mil trabalhadores, tem portfólio de 2 mil itens diferentes, fabrica cerca de 15 milhões de componentes por ano e exporta para 60 países. Por volta do ano 2000 a Zen já exportava 70% da produção e era líder em impulsores em alguns mercados da Ásia, entre os quais a Turquia. Atualmente, a companhia tem gestão profissional e se destaca em pesquisa e inovação.

    Quando prestou homenagem ao empresário, a Fiesc também produziu um vídeo no qual Hylário Zen contou sua história. Natural de Brusque, ele começou a trabalhar aos 14 anos, na indústria Renaux e decidiu atuar no segmento mecânico. Aos 22 anos, foi com o irmão trabalhar em São Paulo, mas em empresas diferentes. Num determinado momento, o irmão Nélson contou a ele que a empresa onde atuava não queria fabricar um componente compexo de rádio. Então, eles viram a oportunidade de atender essa demanda e abriram uma pequena fábrica, a Zen. Três anos depois, eles começaram a fabricar motores de partida, que se tornou o principal item da Zen até hoje. No ano de 1973, eles transferiram a sede da empresa para Brusque.

    Empreendedor, Hylário Zen não se limitou aos negócios na indústria. Entrou no setor hoteleiro com a construção do Hotel Monthez no alto de uma colina, voltado para eventos. Também ingressou na construção civil e na produção de cervejas artesanais.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas