nsc
    nsc

    Análise

    O que preocupa e o que anima na economia de SC em 2021

    Compartilhe

    Estela
    Por Estela Benetti
    02/01/2021 - 08h19
    Movimento no Centro de Florianópolis em dezembro de 2020
    Movimento no Centro de Florianópolis em dezembro de 2020 (Foto: Diorgenes Pandini)

    O ano que se inicia será melhor do que 2020 na expectativa da maioria dos catarinenses. Apesar da série de obstáculos da economia nacional, como descontrole da pandemia, tendência de aumento do desemprego, da inflação e de dificuldades nas contas públicas, o estado tem condições um pouco melhores para enfrentar esses desafios. A chegada das vacinas e a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) acima de 3% deverão ajudar.

    Santa Catarina se despede do ano difícil com alta na arrecadação de impostos

    Para Santa Catarina, as ameaças estarão mais concentradas no primeiro semestre do ano. Os problemas maiores serão o descontrole da Covid-19 porque uma parcela da população ainda não compreendeu que precisa cuidar de si e dos outros, o atraso das vacinas, alta da inflação e crescimento do desemprego nacional devido ao fim do auxílio emergencial.

    As oportunidades para SC virão dos mercados interno e externo. Embalado pela alta produção industrial e avanço de serviços, o estado liderou o saldo de empregos no país em 2020, até novembro, com mais de 67 mil vagas. A expectativa é de que seguirá gerando mais empregos, embora em menor ritmo. Além disso, as exportações podem registrar boa retomada porque as economias da Europa, Estados Unidos e da Ásia crescerão e poderão importar mais. O setor de proteína animal já adiantou que terá aumento de exportações e de vendas no país em 2021.

    Outros investimentos da diversificada economia do estado e a taxa Selic baixa também vão ajudar a atividade econômica. Um dos impulsos à indústria local virá do projeto de quatro navios da Marinha, investimento de R$ 9 bilhões e geração de 2 mil empregos que começa a ser executado em Itajaí. E se os políticos ajudarem com reformas e o controle das contas públicas, SC poderá atrair ainda mais investimentos no novo ano.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas