nsc
    nsc

    Comunicado em vídeo

    Presidente do Porto de São Francisco é exonerado

    Compartilhe

    Estela
    Por Estela Benetti
    03/11/2019 - 10h25 - Atualizada em: 03/11/2019 - 12h46
    Coronel Armando e João Batista Furtado
    Crédito: Reprodução

    O presidente do Porto de São Francisco do Sul, João Batista Furtado, anunciou em rede social, juntamente com o deputado federal Coronel Armando (PSL/SC) que foi exonerado da presidência do terminal. Servidor de carreira, Furtado faz um relato do trabalho que desenvolveu em oito meses à frente do porto e o Coronel Armando questiona a decisão, sinalizando que foi política e não técnica.

    Pelos acontecimentos dos últimos dias, com o distanciamento maior do governador Carlos Moisés da Silva dos parlamentares federais do PSL, a decisão parece ser política.

    Furtado afirma que nos oito meses foram investidos R$ 24 milhões na reforma do terminal graneleiro, a receita do Porto está 80% maior do que quando ele assumiu, que recuperou dívidas de R$ 4 milhões e adianta que está acontecendo a contratação de serviço de dragagem para aprofundar o canal da Baía da Babitonga.

    — A minha pergunta é: se foi feito em oito meses tudo o que precisava ser feito em 20 anos, na gestão do João Batista, por que ele tem que sair? Essa é a pergunta que deve ser feita – questiona o Coronel Armando no vídeo.

    Assine o NSC Total para ter acesso ilimitado ao melhor conteúdo de Santa Catarina e aproveitar os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas