nsc

publicidade

Estela

Projetos de R$ 1,3 bi

Programa de benefício para empresas espera gerar 6 mil empregos diretos

Compartilhe

Por Estela Benetti
23/05/2019 - 06h10
(Foto: Félix Zucco / Agência RBS)

O Comitê técnico do Prodec realizou nesta quarta-feira (22) análises para a concessão do benefício de postergação de recolhimento de ICMS para projetos que vão somar R$ 1,3 bilhão de investimentos no Estado e abrirão cerca de 6 mil empregos diretos e 24 mil indiretos. Conforme o secretário de Desenvolvimento Sustentável, Lucas Esmeraldino, com esse programa o Estado dá condições para as empresas serem competitivas.  

Previdência e logística

Entidades do setor de transporte e logística realizaram nesta quarta, em Brasília, o XIX seminário brasileiro do setor. Lideranças informaram que se o Brasil resolvesse o déficit da Previdência, poderia ter condições de investir em infraestrutura, que segue um grande gargalo. Para o presidente da Federação das Empresas de Transportes de SC (Fetrancesc), Ari Rabaiolli, a expansão dos investimentos seria uma grande conquista para o setor.

Contra os entraves

Mais de 300 empresários e políticos participam na manhã desta quinta-feira (23), em Joinville, do lançamento do programa nacional Mobiliza Brasil, para derrubar entraves que impedem a realização de negócios e a consequente geração de empregos no país. O evento terá a participação do secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos Alexande da Costa. Um desafio que será colocado para as prefeituras é melhorar as normas e agilizar as licenças para construções. Costa destaca informação do Banco Mundial de que os alvarás de construções no Brasil são piores do que os de países da África Subsariana.

Assine o NSC Total para ter acesso ilimitado ao portal, ler as edições digitais do DC, AN e Santa e aproveitar os descontos do Clube NSC. Acesse assinensc.com.br e faça sua assinatura.

Deixe seu comentário:

publicidade