nsc

publicidade

Tecnologia

Santa Catarina é líder em startups na Região Sul, mostra nova pesquisa 

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
24/10/2019 - 10h50 - Atualizada em: 24/10/2019 - 14h29
(Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Diário Catarinense)
(Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Diário Catarinense)

Santa Catarina tem a maior densidade de startups da Região Sul. São 7,4 empresas de base tecnológica para cada 100 mil habitantes, ou seja, 510 em todo o Estado. É isso que mostra o Distrito Santa Catarina Tech Report, levantamento estadual de dados realizado pela empresa Distrito, com apoio do Sebrae-SC e a KPMG, lançado nesta quinta-feira. Foram pesquisadas 30 categorias, entre as quais fintechs e adtechs.

Florianópolis lidera a concentração de startups com 45,5%, seguida por Joinville, 13,7%; Blumenau 8,6% e Chapecó 4,5%. Sobre densidade estadual, na Região Sul, depois de Santa Catarina está o Paraná, com 4,4% e com menor percentual está o Rio Grande do Sul, que tem densidade de 3,7%. Para Tiago Ávila, líder de produto do Dataminer, braço do Distrito, Santa Catarina criou uma cultura de inovação própria, que vai além de um único município.

As Top 10, maiores empresas catarinenses do segmento, são Conta Azul, Resultados Digitais, Neoway, Peixe Urbano, Involves, Zygo, HI Platform, Ahgora, Asaas e Exact Sales. Três dessas estão na lista dos potenciais novos unicórnios do Brasil (empresas com valor de mercado superior a US$ 1 bilhão): Conta Azul, Resultados Digitais e Neoway.

Estado vai adotar a nota eletônica NFC-e

O secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, se reuniu ontem com representantes da Acif, Abrasel e CDL de Florianópolis. O objetivo foi criar um grupo de trabalho para viabilizar a implantação da Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor, a NFC-e, já adotada em outros Estados.

- Assumimos este compromisso junto ao governador Carlos Moisés, de modernizar a máquina pública de Santa Catarina. Já iniciamos o processo e, até o próximo ano, iremos adotar a NFC-e – disse Paulo Eli

O representante da Abrasel, Célio Salles, disse que a NFC-e reduz custos de equipamentos para empresas e favorece a fiscalização. Ela facilita a adoção de premiação ao contribuinte que pede a nota fiscal na hora da compra.

Palhoça fará concessão para água e esgoto

Palhoça decidiu conceder para a iniciativa privada os serviços de água e esgoto sanitário. Segundo o prefeito Camilo Martins, hoje o município tem apenas 10% de esgoto tratado, com a concessão, o plano é chegar a 50% em 14 anos e 100% em 25 anos. A concessão é por 30 anos. A expectativa é de que grandes grupos nacionais e internacionais vão disputar os serviços.

Ranking de competitividade

Na tribuna da Assembleia, o deputado Milton Hobus (PSD), afirmou que a permanência de Santa Catarina como segundo Estado mais competitivo do Brasil só foi possível graças à política econômica adotada nos últimos anos, pelo então governador Raimundo Colombo. Para Hobus, a decisão de não aumentar impostos no período foi importante para seguir no ranking.

Visto EB-5

Interessados em obter visto americano como investidor, o EB-5, por meio de investimento de US$ 500 mil nos EUA, têm poucos dias para encaminhar o pedido, alerta a empresa LCR Capital Partners. Em novembro, o valor passará para US$ 900 mil.

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

publicidade