nsc
nsc

Construção Civl

Vendas de imóveis aceleram na pandemia e aquecem setor de construção

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
17/09/2020 - 08h53 - Atualizada em: 17/09/2020 - 09h31
O prédio mais alto da imagem é o Epic Tower, um dos úl
O prédio mais alto da imagem é o Epic Tower, um dos últimos construídos pela FG (Foto: Divulgação)

Uma das surpresas da economia brasileira durante a crise do novo coronavírus é o crescimento das vendas de imóveis e aquecimento do setor de construção de modo geral. Entre as razões estão os juros mais baixos, maior oferta de crédito, auxílio emergencial e as novas demandas do isolamento social. Pesquisa nos três maiores municípios da Grande Florianópolis feita pela Brain Consultoria apontou que no primeiro semestre deste ano, as vendas de imóveis cresceram 85,2%, mas os lançamentos de edifícios caíram 56,6%. As outras regiões do Estado também tiveram crescimento de vendas. Em função disso, as construtoras aceleram lançamentos e obras para suprir a maior demanda de imóveis. Entre essas empresas estão a FG Empreendimentos, de Balneário Camboriú, a Dimensão Engenharia, de Chapecó e Grupo Lumis, de São José.

Veja como deputados votam impeachment em SC; Moisés apela a Joinville, Chapecó, Criciúma e Lages

A FG Empreendimentos, terceira maior construtora do Brasil com capital fechado, conseguiu acelerar vendas durante a pandemia com investimentos em soluções de alta tecnologia e também graças à mudança de hábito das famílias. A empresa está entregando este ano sete grandes empreendimentos que somam 502 unidades de luxo. Com mais essas conclusões, a empresa presidida por Jean Graciola soma 55 empreendimentos e mais de 3.000 apartamentos. O empresário, que é filho do fundador da FG Francisco Graciola, revela que a receita líquida da companhia cresceu 58% no primeiro semestre do ano frente ao mesmo período de 2019.

Diante do maior ritmo do setor apesar da pandemia, a FG está preparando o lançamento de mais quatro projetos. O diretor de mercado da empresa, Altevir Baron, adianta que quatro grandes empreendimentos serão lançados ainda este ano.

Graças à estabilidade do agronegócio, o mercado de construção civil de Chapecó foi um dos menos afetados pelas crises dos últimos anos. Apesar disso, o movimento do setor durante a pandemia surpreendeu. O empresário Clóvis Afonso Spohr, diretor da Dimensão Engenharia, empresa que fundou há quase 20 anos e faz imóveis de alto padrão, diz ter ficado surpreso. As vendas cresceram no mínimo 20%, infomra ele. 

Emprendimento empresarial que está sendo construído pela Dimensão Engenharia, em Chapecó
Emprendimento empresarial que está sendo construído pela Dimensão Engenharia, em Chapecó
(Foto: )

- Acredito que as baixas taxas de juros e a insegurança do mercado de ações tem motivado as decisões de investir em imóveis. A gente percebe também as pessoas antecipando o pagamento de parcelas reajustadas pelo CUB porque os custos do setor estão subindo enquanto o rendimento de aplicações no mercado financeiro está baixo – afirma ele.

O empresário informa que a Caixa fechou contratos em agosto, no Oeste de SC, no valor de R$ 50 milhões, 30% a mais do que em agosto do ano passado. Segundo Clóvis Spohr, a Dimensão lançou dois novos empreendimentos este ano e assumiu obras de mais cinco edifícios de incorporadoras. Em função disso, aumentou em 15% o total de empregos diretos. O empresário está preocupado com a inflação nos preços de materiais de construção, que subiram de 15% a 20% este ano.

Na Grande Florianópolis, entre as empresas do setor que fizeram lançamentos está o Grupo Lumis, controlador da Lumis Construtora e da Costa Sul Urbanismo. Apesar das dificuldades da pandemia, a empresa conseguiu entregar este ano um edifício comercial na região continental de Florianópolis, o Black Office Class, e um empreendimento horizontal em Governador Celso Ramos. Juntos, esses dois projetos somaram investimentos de R$ 65 milhões, informou o presidente do grupo, Paulinho Silveira. 

Empreendimento comercial cocluído pela Lumis Construções no primeiro semestre
Empreendimento comercial cocluído pela Lumis Construções no primeiro semestre
(Foto: )

A empresa acaba de lançar dos loteamentos mistos, um às margens da SC-401 e outro no município de Antônio Carlos. Ambos atendem interesse do momento de mais pessoas residirem em casas para se proteger mais de pandemias. O projeto de Antônio Carlos, o loteamento Bremen, acaba de ser lançado em evento drive-in na Arena Petry, em São José. 

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas