nsc
    nsc

    Pausa forçada

    Vinícola tem receptivo destruído pelo ciclone e envia aviso carinhoso aos clientes

    Compartilhe

    Estela
    Por Estela Benetti
    30/06/2020 - 20h08 - Atualizada em: 30/06/2020 - 20h14
    No receptivo da Villaggio Grando restaram apenas os pilares Foto: Divulgação
    No receptivo da Villaggio Grando restaram apenas os pilares Foto: Divulgação

    O espaço de recepção de uma das mais belas vinícolas do Brasil, a Villaggio Grando, de Água Doce, no Oeste de Santa Catarina, foi destruído pelo ciclone desta terça-feira (30/06). A empresa, da família Grando, emitiu um comunicado carinhoso aos clientes informando que suspendeu o atendimento até um novo aviso. Leia a íntegra, a seguir:

    "Caros clientes:

    Infelizmente, fomos surpreendidos nessa tarde com um temporal que destruiu o nosso espaço, que foi, por anos, lugar de tantos brindes e momentos especiais para todos nós!

    Se faz necessário cancelar nossos atendimentos até segundo aviso. Mas vamos reconstruir, com a ajuda de todos vocês e com o mesmo amor, força e dedicação que sempre colocamos em cada detalhe dessa empresa.

    Em breve estaremos juntos, nesse nosso pôr do sol cheio de energia boa, brindando com os nossos vinhos e com a alegria de todos vocês, que sempre fez a diferença”.

    Foto
    A destruição por outro ângulo
    (Foto: )

    Fundada pelo empresário Maurício Grando, de Caçador, a empresa integra as vinícolas de altitude de Santa Catarina. Conta com grandes vinhedos e diversos produtos premiados. Além disso, realiza uma série de pesquisas com instituições parcerias para identificar variedades de uvas que mais se adaptam em SC.

    O desafio agora, do gestor Guilherme Grando é a reconstrução da unidade. A vinificação é feita em outra edificação da propriedade, que não foi atingida.

    Foto
    Vista do ambiente antes do ciclone
    (Foto: )

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas