Sai nesta segunda-feira (7) a licitação para criar um caminho de trânsito alternativo no bairro Badenfurt, em Blumenau. O projeto inclui a pavimentação da Rua Maike Andresen, uma transversal da Werner Duwe, e a construção de uma ponte sobre o Rio do Testo. No futuro, os motoristas que hoje dependem do congestionado trevo do Badenfurt poderão cruzar a BR-470 por um novo acesso. Este edital, e também o da pavimentação da Rua Walter Brener, no Boa Vista, são os primeiros do chamado Plano 1.000 na cidade.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

O plano do governo estadual prevê o investimento de até R$ 366 milhões em obras nos próximos cinco anos — R$ 1 mil por habitante. Os recursos são do Estado, mas a aplicação deles é via prefeitura. 

A nova ligação do Badenfurt custará R$ 7,9 milhões. A ponte terá 60 metros de comprimento e substituirá uma antiga pinguela. A Rua Maike Andresen conectará a via de acesso ao Testo Salto e a Pomerode com a Rua Bernardo Scheidemantel, que dá acesso à BR-470. Segundo o município, o projeto de uma passagem de nível foi entregue ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), para inclusão na duplicação da rodovia federal. Assim, seria possível acessar o Complexo do Badenfurt diretamente, sem depender do atual trevo — futuro viaduto.

A outra obra com licitação a ser lançada hoje é a pavimentação da Rua Walter Brener, que liga o Boa Vista à Itoupava Seca passando ao lado do Rio Itajaí-Açu. Serão investidos R$ 2,3 milhões. Hoje a via é de terra batida.

Continua depois da publicidade

Conclusão do acesso depende de passagem de nível sob a BR-470
Conclusão do acesso depende de passagem de nível sob a BR-470 (Foto: Divulgação)

Como havia adiantado o colega Pedro Machado, o primeiro conjunto de obras do Plano 1.000 em Blumenau também inclui o projeto de macrodrenagem da Rua Paulo Kuehnrich, na Itoupava Norte (R$ 4,82 milhões); a revitalização da Rua Gustavo Zimmermann, na Itoupava Central (R$ 5 milhões); e a contenção de encostas das ruas Caçapava, no Garcia, e Otília Passold, na Vila Itoupava (R$ 2,52 milhões).

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Projeto para monitorar enchentes em Blumenau emperra na burocracia

Decisão de SC sobre máscaras em escolas é lição de mau comportamento

Blumenau contrata PM para a segurança interna dos terminais de ônibus

Blumenau inaugura nova fase da Rota de Lazer na Rua XV aos domingos

Destaques do NSC Total