Representantes de escolas particulares de Blumenau visitarão as cinco unidades da rede pública municipal com piores notas no Índice do Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A ação é da diretoria da Associação Empresarial de Blumenau (Acib), que convidou os núcleos de Educação Básica e de Educação e Desenvolvimento Profissional a apoiar o movimento.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp

O objetivo do roteiro é identificar dificuldades, avaliar como as escolas podem ser apoiadas e demonstrar a diretores e professores que há preocupação externa. As visitas começam na próxima semana.

Pressionar por melhorias na educação pública é uma das prioridades do presidente da Acib, Renato Medeiros, anunciada logo na posse, há um ano. Ele também mantém contato com a Gerência Regional de Educação do Estado.

As cinco selecionadas ocupam os últimos lugares entre as séries iniciais no exame mais recente, o de 2019: Conselheiro Mafra (Velha Grande), Almirante Tamandaré (Ponta Aguda), Alice Thiele (Garcia), Tiradentes e Julia Strzalkowska (Garcia) e Pastor Faulhaber (Ribeirão Fresco).

Continua depois da publicidade

Em comum, além dos resultados no Ideb, elas têm a proximidade com comunidades de baixa renda em Blumenau.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Polícia Militar revela quantos policiais Blumenau terá de reforço

Blumenau já escolheu uma obra para homenagear Paulo França

Dois vereadores de Blumenau serão secretários do governo Hildebrandt

Mário Hildebrandt fica sem gabinete na prefeitura de Blumenau

Destaques do NSC Total