Está no Diário Oficial da União desta terça-feira (11) portaria que devolve à duplicação da BR-470 os quase R$ 28 milhões que haviam sido cortados do orçamento de 2022 pelo Ministério da Economia. A redução na verba destinada à rodovia havia sido noticiada com exclusividade pela coluna na última quinta-feira (6). Os R$ 3,4 milhões cortados da BR-282, no entanto, não foram restabelecidos.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

A nova portaria deixa mais evidente o caminho do dinheiro cortado. O valor de R$ 27.794.805 havia sido direcionado para a rubrica Conservação e Recuperação de Ativos de Infraestrutura da União na Região Sul. Ou seja, o dinheiro de investimentos no trecho Navegantes-Indaial literalmente taparia buracos em rodovias, mas sem a garantia de que ficaria no Vale do Itajaí ou mesmo em Santa Catarina.

Na semana passada, o corte repercutiu mal nas redes sociais. No Senado Federal, o senador Esperidião Amin (PP) criticou a medida durante a sessão ordinária. Como reação, o Ministério da Infraestrutura prometeu cancelar a movimentação de recursos — o que, agora, ocorre de fato. O valor restituído corresponde a 36% do total previsto para a BR-470 neste ano.

Apesar da reviravolta, o investimento dos recursos na rodovia ainda depende do “empenho”, fase do gasto público em que o governo assegura a execução da despesa. Se isso não ocorrer até 31 de dezembro, perde-se a verba.

Continua depois da publicidade

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Prefeitura de Blumenau define período de férias coletivas na virada do ano

Justiça em Blumenau mantém cortesias da Oktoberfest para servidores municipais

Três anos depois, encosta de Blumenau que soterrou operários passa por obras

Oktoberfest Blumenau corre o risco de virar o fio no discurso moralista

Destaques do NSC Total