nsc
    nsc

    Comunicado ao mercado

    Hering rejeita proposta de compra apresentada pela Arezzo

    Compartilhe

    Evandro
    Por Evandro de Assis
    14/04/2021 - 19h34 - Atualizada em: 14/04/2021 - 19h55
    Conselho de Administração considerou que proposta não contempla interesse dos acionistas e da companhia
    Conselho de Administração considerou que proposta não contempla interesse dos acionistas e da companhia (Foto: Patrick Rodrigues, BD, Santa)

    O Conselho de Administração da Cia Hering rejeitou uma proposta de fusão apresentada pela Arezzo. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (14) pela empresa de Blumenau, que é obrigada a comunicar fatos relevantes ao mercado por ter ações cotadas em Bolsa de Valores. A decisão do conselho foi por unanimidade.

    > Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

    Segundo o comunicado do diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Rafael Bossolani, a proposta para a "potencial combinação de negócios" havia sido apresentada pela Arezzo no dia 7 de abril. O conselho considerou que ela não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria Companhia", fundada em 1880.

    Ainda conforme o comunicado, a Hering "pretende seguir na execução do seu plano estratégico que combina construção de marcas, expansão e integração de canais, e modernização do supply chain, com foco no cliente e na sustentabilidade".

    O teor da proposta apresentada não foi divulgado.

    Investimento

    Em março, como informou o colega Pedro Machado, a Cia Hering havia anunciado o maior investimento da história, totalizando R$ 131 milhões, com foco em transformação digital, na abertura e reforma de lojas. Isso após um ano de 2020 difícil, marcado pelos efeitos da pandemia.

    A proposta da Arezzo chega num momento de aquisições. A empresa, cuja marca principal é do setor calçadista, comprou no ano passado a Reserva, do segmento de vestuário. Neste ano, o grupo também anunciou a aquisição de 75% do brechó online Troc.

    Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

    Mais colunistas

      Mais colunistas